Conforme matéria publicada aqui no Tribuna do Moxotó (ver matéria) sobre a entrevista dada pelo secretário de educação do Estado no jornal Bom Pernambuco da TV globo, com relação a volta às aulas, ontem, dia 29, o governo de Pernambuco, através do secretário de educação Fred Amâncio, voltou a falar sobre a volta das aulas e esclareceu que não há uma data prevista, mas que ela ocorrerá gradativamente.

Esclarecendo que de fato ainda não existe uma data definida para a volta das aulas nas escolas de Pernambuco. O decreto do Governo que suspende as aulas nas unidades de ensino termina nesta terça-feira, dia 30.

Mas o governo esclarece que apesar do decreto terminar hoje, a Secretária Estadual de Educação, está elaborando um plano de retomada para proporcionar um retorno seguro.

lembrando que as aulas foram suspensas no dia 18 de março em Pernambuco, e um decreto do Governo do Estado prorrogou a suspensão. Para o secretário estadual de Educação, a expectativa é que o decreto seja novamente prorrogado.

Na entrevista, o secretário esclareceu ainda que  nesta terça-feira, dia 30, deverá sair a decisão do governador sobre como vai ser a prorrogação do período, não necessariamente significa que tem relação com o plano de retomada. “O que tem relação com a data da retomada é o nosso plano, não o decreto”, disse o secretário.

Um fato novo trazido na entrevista pelo secretário é de que a retomada será em três etapas. “Tem o setorial, e as diretrizes sobre distanciamento, proteção, comunicação, que está praticamente pronto. Temos orientações pedagógicas, e o trabalho que é a proposta de retomada, em etapas, temos bem construído, mas não significa uma volta imediata”, explicou o secretário.

O secretário de educação diz ainda que esta semana o Conselho Nacional de Educação (CNE) deverá emitir novo posicionamento, e se for necessário o plano estadual passará por alguns ajustes. “Até o final dessa semana o CNE deve ter um novo parecer, que queremos estar alinhados com ele, para que assim, com as análises da área de saúde e o aval do governador, fazer a divulgação em definitivo”, concluiu.

 

Print Friendly, PDF & Email
COMPARTILHAR
Artigo anteriorCASAL É LEVADO A DELEGACIA POR DESACATO, RESISTÊNCIA E OBSTRUÇÃO EM SERTÂNIA
Próximo artigoSESC TRIUNFO PROMOVE MESA DE GLOSA FEMININA
Esequias Cardoso
Esequias Cardoso foi policial civil durante 10 anos, é jornalista de acordo com o registro profissional nº 7052/PE, é professor concursado da rede oficial de ensino do Estado de Pernambuco, graduado e pós graduado em História, pela Autarquia de Ensino Superior de Arcoverde - AESA e Universidade de Pernambuco - UPE respectivamente. Também é pós graduação em Gestão e Coordenação em Educação pela Universidade de Pernambuco - UPE. Atualmente faz Mestrado em Sociologia pela Universidade Federal de Campina Grande- Campus Sumé-Paraíba PARA ENTRAR EM CONTATO CONOSCO LIGUE (87) 9.9648.1349 ou 9.9139.9084 (whats app)

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça um comentário!
Coloque seu nome aqui