AULAS AINDA SEM DATA PARA SEU RECOMEÇO, MAS SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO FALA EM CONSTRUÇÃO DE PLANO PARA SEU REINICIO

O secretário de educação  Fred Amâncio foi o entrevistado hoje, quinta-feira, dia 25, no programa Bom dia Pernambuco da TV Globo, e ali naquela entrevista deixou claro que o Estado está elaborado um plano de volta às aulas, a exemplo do plano que foi construído para a área econômica.

Segundo o secretário, tudo depende das autoridades de saúde e que nem escola particular e nem as escolas do Estado, voltarão antes de ouvir essas autoridades, mas que há todo um protocolo para ver a possibilidade dessa volta e que ela será gradativa e começaria pelos 3º ano do ensino médio, obedecendo distanciamento e a tudo que diz o referido protocolo, observando, inclusive, após essa possível volta, se os casos aumentaram.

Portanto, o secretário deixou claro que a volta às aulas deverão acontecer por etapas, primeiro o 3º ano, depois o 9º ano do ensino fundamental.

“Para se falar em retomada às aulas é sempre importante ouvir pessoas da educação e da área de saúde para entender que temos uma gama de diferenças falando em educação, não estamos falando só de crianças, estamos falando de diversas etapas e por isso temos que ter uma orientação específica para cada etapa”, disse o secretário.

Perguntado se havia um data para essa volta, se seria antes do mês de setembro, o secretário frisou que essa definição está em análise que as autoridades estão acabando de fazer e vem a partir dos últimos números da covid-19 no Estado de Pernambuco para que área de saúde e consequentemente do governo do Estado tome a decisão final.

Amâncio destacou que os números de São Paulo no momento são bem piores do que os de Pernambuco e essa análise é feita durante o dia todo e que esses números daquele Estado ainda não foram estabilizados.

“São Paulo estava previsto para recomeçar em agosto, porém com a piora nas últimas semanas, eles tomaram a decisão de iniciar em setembro. Mesmo que tivesse uma data hoje, esse acompanhamento tem que ser permanente e no meio do processo e por exemplo de tiver uma piora nos números, o inicio das aulas será postergado. Novamente destacando que nosso processo vai ser em etapas e serão muitas etapas. As escolas não voltarão com todos os estudantes de uma vez”, disse Fred Amâncio.

Antes da entrevista do secretário, o representante das escolas particulares do Estado, José Ricardo Diniz, havia dito que a volta às aulas naquelas escolas não tem data ainda, mas que estas estão se preparando para uma volta gradual e será entre as aulas remotas e presenciais, ficando a critério dos pais desses alunos.

O que ficou claro é que a última palavra mesmo será dada pela equipe das autoridades sanitárias e deverão obedecer a realidade de cada localidade, ou seja, observando cada região do Estado e a partir daí o plano deverá ser implementado para o retorno às aulas.

Print Friendly, PDF & Email
COMPARTILHAR
Artigo anteriorEM SERTÂNIA 13 PESSOAS SÃO LEVADAS A DELEGACIA POR PERTUBAÇÃO AO SOSSEGO E DESOBEDIÊNCIA
Próximo artigoPERNAMBUCO TEM 1.114 NOVOS INFECTADOS E 63 MORTES PELA COVID-19 EM 24 HORAS
Esequias Cardoso
Esequias Cardoso foi policial civil durante 10 anos, é jornalista de acordo com o registro profissional nº 7052/PE, é professor concursado da rede oficial de ensino do Estado de Pernambuco, graduado e pós graduado em História, pela Autarquia de Ensino Superior de Arcoverde - AESA e Universidade de Pernambuco - UPE respectivamente. Também é pós graduação em Gestão e Coordenação em Educação pela Universidade de Pernambuco - UPE. Atualmente faz Mestrado em Sociologia pela Universidade Federal de Campina Grande- Campus Sumé-Paraíba PARA ENTRAR EM CONTATO CONOSCO LIGUE (87) 9.9648.1349 ou 9.9139.9084 (whats app)

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça um comentário!
Coloque seu nome aqui