Um fato um tanto inusitado chegou ao conhecimento do Tribuna do Moxotó com relação a testes da COVID-19.

Uma paciente nos procurou e relatou sua aflição e inclusive, justíssima, já que trata-se de saúde pública e também da sua saúde e dos seus entes queridos.

ESCUTE O ÁUDIO QUE A PACIENTE NOS ENVIOU

Pois bem sertaniense, vamos a história curiosa que a paciente nos contou. Segundo ela, que pediu para não se identificar, a sua irmã que trabalha na saúde, testou positivo para a COVID-19 e como ela teve contato com a mesma, fez o teste rápido no hospital que testou positivo. Olha abaixo:

Preste atenção e veja que acima está o resultado do hospital e que a paciente apresentou positivo para COVID-19 e como precaução a paciente buscou um segundo e aí veio a sua aflição e interrogação. No laboratório particular seu exame deu negativo para COVID-19 e aí veio a pergunta: eu estou doente ou não?? Repare no exame abaixo:

A paciente buscou informação junto a secretaria de saúde do município de Sertânia e também junto o laboratório, mas até o momento as explicações foram vazias e não conclusivas e enquanto isso ela segue com a pergunta: EU ESTOU OU NÃO COM A COVID-19??

SE ESTÁ OU NÃO, O FATO É QUE A SECRETARIA DE SAÚDE JÁ PRESCREVEU 
OS REMÉDIOS QUE A PACIENTE TEM QUE TOMAR

Veja aí sertaniense que tudo isso faz com que surjam dúvidas, e com essas dúvidas, muitas indagações.

Quem realmente está certo? Quem errou? Por que a prefeitura de Sertânia, não explica, pelo menos a paciente, o que ocorreu? Tudo isso dá margens para que outros exames possam também ser recebidos com desconfiança.

E segundo informação dessa paciente sua irmão também está com a mesma dúvida, na verdade a mesma fez o teste rápido no hospital e fez particular e os resultados foram divergentes. NO hospital deu positivo e no laboratório particular deu negativo. “Igual ao meu e agora minha irmã e eu estamos em dúvida. Estamos ou não com a COVID-19?”

É preciso que se venha a público explicar esse curioso fato.

Print Friendly, PDF & Email
COMPARTILHAR
Artigo anteriorEM SERTÂNIA HOMEM É LEVADO À DELEGACIA DEPOIS DE AMEAÇAR POPULARES E SUA SOBRINHA
Próximo artigoSERTÂNIA NÃO REGISTROU NENHUM CASO DA COVID-19 E 8 CASOS ESTÃO EM INVESTIGAÇÃO, DIZ PREFEITURA
Esequias Cardoso
Esequias Cardoso foi policial civil durante 10 anos, é jornalista de acordo com o registro profissional nº 7052/PE, é professor concursado da rede oficial de ensino do Estado de Pernambuco, graduado e pós graduado em História, pela Autarquia de Ensino Superior de Arcoverde - AESA e Universidade de Pernambuco - UPE respectivamente. Também é pós graduação em Gestão e Coordenação em Educação pela Universidade de Pernambuco - UPE. Atualmente faz Mestrado em Sociologia pela Universidade Federal de Campina Grande- Campus Sumé-Paraíba PARA ENTRAR EM CONTATO CONOSCO LIGUE (87) 9.9648.1349 ou 9.9139.9084 (whats app)

2 COMENTÁRIOS

  1. Eu só digo uma coisa no hospital pistão está errado que na clínica e verdadeiro você não está com essa doença não só tenha Fer nessa hora só Deus saber oque faz 👏🙏

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça um comentário!
Coloque seu nome aqui