Figura: Pixabay

A Ford é, sem sombra alguma de dúvidas, uma das marcas automotivas mais renomadas e famosas em todo o Brasil. Ela é igualmente uma das mais vendidas, não só por conta da qualidade e credibilidade junto ao público consumidor, mas também devido a sua tradição, a toda a sua história.

Mas como foi o começo da Ford no Brasil? De que modo e quando ela se instalou em terras brasileiras? Qual foi o início de sua história como um todo? É tudo isso que será abordado no decorrer deste artigo.

A história da Ford

Henry Ford, o famosíssimo criador da marca Ford, nasceu em 1863, pouco mais de meados do século XIX, em uma diminuta cidade localizada a oeste de Detroit. Filho de irlandeses, começou a lidar com motores desde criança, tendo um grande deleite em mexer com os maquinários da fazenda.

Com somente 19 anos de idade, ele conseguiu o emprego de mecânico das oficinas Eagle Motor Works, onde desenvolveu seu primeiro motor à gasolina. Quando fundou sua primeira empresa, a Detroit Automobile Company. Seu intuito era construir um veículo em larga escala para suprir as necessidades da população como um todo.

Como ninguém havia botado fé no projeto em questão, ele resolveu apostar em um carro de corrida intitulado Carro 999. O piloto Barney Oldfield tornou-se campeão com a criação de Ford e isso permitiu que ele finalmente obtivesse sucesso e dinheiro, os quais utilizou para criar a Ford Motor Company.

A empresa cresceu muito e transformou de forma expressiva a vida dos operários americanos e a economia americana como um todo. Aumentou o salário dos funcionários e trouxe excelentes mecânicos de diversas partes do mundo. Além disso, foi visionário o suficiente para criar um processo de produção jamais visto até então e que proporcionou uma maior produtividade, economia e lucro para a empresa.

Em 1919, tanto o mundo como o Brasil atravessavam um momento único no seu modo de viver, de trabalhar, de produzir e enxergar o funcionamento da sociedade, cultura e economia. Assim sendo, a Ford tomou a decisão de abrir sua primeira filial no nosso país, o que foi considerado uma aposta arriscada na época, visto que nossa república ainda era muito jovem.

No entanto, para felicidade de Ford, a instalação de uma filial da companhia aqui no Brasil foi um verdadeiro sucesso e até hoje conquista muitos apreciadores da marca. A inauguração da filial foi na Rua Florêncio de Abreu, na cidade de São Paulo e realizada pelo único filho de Ford, que era aliás o presidente na época.

Investindo cerca de 25 mil dólares, Edsel Ford iniciou a construção de uma linha de montagem da marca aqui no Brasil, chegando a atingir a produção de 2447 veículos somente no primeiríssimo ano de trabalho. No segundo ano de existência no mercado brasileiro, ela foi capaz de produzir mais de 4 mil unidades.

Os primeiros modelos produzidos no Brasil

Atualmente, pode-se dizer que o Ford Ka, por exemplo, é um dos modelos mais conhecidos e populares da companhia. Entretanto, obviamente, nesse início da Ford no Brasil, os modelos que foram confeccionados eram o conhecido modelo T e o caminhão Ford TT. Ambos fizeram um tremendo sucesso entre os empreendedores bem sucedidos e impulsionaram o funcionamento das indústrias ao seu redor, além de estimular o crescimento do país.

No ano posterior à sua inauguração, ou seja, em 1920, o presidente Epitácio Pessoa permitiu que a Ford pudesse atuar na indústria automobilística no país. Depois de concedida a autorização, foi projetada a primeira fábrica de automóveis aqui no Brasil.

A companhia, que antes possuía apenas alguns poucos funcionários em um diminuto galpão mudou-se para sua própria fábrica na Rua Solon, no bairro do Bom Retiro em São Paulo. Daí em diante, as produções só aumentaram. Isso acabou ajudando também na transformação do próprio cenário urbano.

Aos poucos, a marca foi se expandindo seus negócios aqui no país, portando menos de 10 anos de existência no mercado brasileiro. Mas essa expansão não se deu apenas em volume de negócios. Com efeito, ela também aconteceu em termos de espaço físico. Uma nova fábrica foi criada na Vila Prudente, cuja inauguração ocorreu no ano de 1953.

Era inegável notar que a expansão da Ford no país ocorria em concomitância com o avanço e crescimento do Brasil. No ano de 1960, por exemplo, a companhia lançou o primeiro trator nacional, o Ford 8-BR Diesel. Esses caminhões foram fundamentais para a construção de Brasília e igualmente obtiveram destaque na primeira edição do Salão do Automóvel de São Paulo.

O primeiro carro de luxo da Ford de confecção nacional foi o Ford Galaxie, dotado de um motor V8, com direção hidráulica e uma infinidade de outros elementos inéditos. Ele era sofisticado, belo, grande e se tornou o sonho de consumo de muitas pessoas.

O segmento de carros médios no Brasil foi lançado em 1968, com o lançamento do Ford Corcel. O sedã de 4 portas, motor 1.3 e tração traseira tornar popular alguns elementos mais modernos como freios a disco na dianteira e o sistema de radiador selado.

Ao longo da trajetória da marca aqui no país, diferentes estilos e modelos de automóveis foram lançados, ocupando diferentes segmentos de veículos no mercado brasileiro.

No ano de 2012, foi lançado o famoso modelo Ecosport, desenvolvido aqui no país para comercialização em outros lugares do planeta. Com isso, ele simplesmente transformou o nicho de SUVs. Elevando ainda mais o padrão do segmento, posteriormente surgiu a Ford Ranger, dotado de uma melhor tecnologia, desempenho, segurança, design.

Agora você sabe como surgiu a famosa e conceituada marca Ford, como foi a sua trajetória geral ao longo do tempo, como se deu a sua expansão e conhece como foi o início da marca aqui em terras brasileiras. Descobriu ainda quais modelos emblemáticos foram lançados no decorrer dos anos e como foi o sucesso que eles fizeram. Curta e compartilhe esse post em suas redes sociais!

Print Friendly, PDF & Email
COMPARTILHAR
Artigo anteriorSERTÂNIA CHEGA A 120 CASOS CONFIRMADOS DA COVID-19 E 18 EM INVESTIGAÇÃO
Próximo artigoEM ARCOVERDE POLÍCIA DEFLAGRA OPERAÇÃO SENTINELA E PRENDE SUSPEITA DE TRÁFICO DE DROGAS
Esequias Cardoso
Esequias Cardoso foi policial civil durante 10 anos, é jornalista de acordo com o registro profissional nº 7052/PE, é professor concursado da rede oficial de ensino do Estado de Pernambuco, graduado e pós graduado em História, pela Autarquia de Ensino Superior de Arcoverde - AESA e Universidade de Pernambuco - UPE respectivamente. Também é pós graduação em Gestão e Coordenação em Educação pela Universidade de Pernambuco - UPE. Atualmente faz Mestrado em Sociologia pela Universidade Federal de Campina Grande- Campus Sumé-Paraíba PARA ENTRAR EM CONTATO CONOSCO LIGUE (87) 9.9648.1349 ou 9.9139.9084 (whats app)

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça um comentário!
Coloque seu nome aqui