Sertaniense estamos diante de uma pandemia onde todos devem ter muito cuidado, e sobretudo, atender o que diz a Organização Mundial de Saúde, mas pelo que parece a prefeitura de Sertânia não está observando isso. Pelo menos é o que diz a notificação feita pelo Sindicato dos Trabalhadores Municipais de Sertânia, o SINTEMUSE, que no dia 21 de maio, notificou de forma extrajudicial a prefeitura de Sertânia.

Segundo denúncias recebidas por profissionais de saúde os cuidados devidos não estão sendo observados o que motivou a referida notificação.

OLHA A PROPAGANDA DOS QUE FAZEM A PREFEITURA. 
"JUNTOS SOMOS MAIS FORTES". FORTE? ONDE? QUANDO? ISSO REALMENTE PARECE UMA PIADA 
DE MUITO MAU GOSTO, POIS ESSAS MÁSCARAS QUE FORAM DISTRIBUÍDAS, 
SEGUNDO NOTIFICAÇÃO FEITO PELO SINTEMUSE, 
NÃO ATENDEM O QUE DIZ A ANVISA. COM ELAS QUE SE FORTALECEM É O VÍRUS DA COVID.
VERGONHOSO SERTANIENSE. BOM SABER QUANTO CUSTOU CADA UMA DESSA MÁSCARA

Diante das denúncias realizadas pelos funcionários da área de saúde, foi constatado que a equipe de treinamento da empresa HUMANIZA ASSISTÊNCIA DE SAÚDE, forneceu máscaras de TNT e informou que não seria necessário capote/avental.

E para pior, observou-se que as máscaras fornecidas pelo Prefeitura de Sertânia e amplamente divulgada em suas redes sociais, é feita de TNT e que estas foram disponibilizadas sem ter ao menos ter a dupla camada, não tem filtro e não tem clipe nasal, indo de encontro a Nota Técnica nº 12/2020/SEI/GGTES/DIRE1/ANVISA, com relação a orientação do capote/avental essa vai de encontro a RDC Nº 356 de 23 de março
de 2020.

Na notificação do SINTEMUSE, salientou-se que os funcionários da saúde básica são a porta de entrada para os casos leves, uma vez que atendem pacientes com síndrome gripal, pacientes esses suspeitos do COVID-19.

LEITOR PRESTE ATENÇÃO O TIPO DE MÁSCARA DE PROTEÇÃO 
DISTRIBUÍDA PELA PREFEITURA DE SERTÂNIA, 
INCLUSIVE PARA OS PROFISSIONAIS DE SAÚDE.

Diante dessa falta de atenção da prefeitura de Sertânia, que inclusive, já foi denunciado aqui mesmo no Tribuna do Moxotó (ver matéria), com áudios dos profissionais, mostrando que há sim negligência no trato com a COVID-19 para com esses guerreiros que estão no front no combate a essa doença, o SINTEMUSE, está solicitando, que no prazo de 72 horas, que a prefeitura de Sertânia, através da secretaria de saúde, que todos os materiais e EPI’S atendam as normas técnicas da ANVISA determinada na Nota Técnica GVIMS/GGTES/ANVISA nº 04/2020.

O que é vergonhoso sertaniense é saber que a prefeitura de Sertânia faz suas propagandas pregando uma outra realidade, mas que realmente sabe o que passa são os profissionais de saúde.

Tudo isso é de fazer vergonha aqueles que realmente têm vergonha, aqueles fazem política pensando no bem comum e não só em seus familiares ou em seu grupinho.

Aí o prefeito Ângelo Ferreira, esperneia, quando noticiamos fatos como estes, porque o que ele gostaria mesmo era que tudo isso não fosse noticiado, e ao ver noticiado, tenta desqualificar o nosso trabalho, aqui difundimos a verdade e se não for verdade, nos processe, aliás, por falar em processo, estamos esperando O PRIMEIRO.

O que queremos de verdade, senhor Ângelo Ferreira, é que tenhamos uma população bem informada e longe de influencias de velhos coronéis. Só isso!!

Vamos acordar Sertânia!!

Print Friendly, PDF & Email
COMPARTILHAR
Artigo anteriorVEREADOR VINO VERAS SOLICITA A PREFEITURA DESOBSTRUÇÃO DE PASSAGEM DO RIO MOXOTO EM SERTÂNIA
Próximo artigoPERNAMBUCO TEM 26.786 CASOS CONFIRMADOS DA COVID-19 E 2.144 MORTES
Esequias Cardoso
Esequias Cardoso foi policial civil durante 10 anos, é jornalista de acordo com o registro profissional nº 7052/PE, é professor concursado da rede oficial de ensino do Estado de Pernambuco, graduado e pós graduado em História, pela Autarquia de Ensino Superior de Arcoverde - AESA e Universidade de Pernambuco - UPE respectivamente. Também é pós graduação em Gestão e Coordenação em Educação pela Universidade de Pernambuco - UPE. Atualmente faz Mestrado em Sociologia pela Universidade Federal de Campina Grande- Campus Sumé-Paraíba PARA ENTRAR EM CONTATO CONOSCO LIGUE (87) 9.9648.1349 ou 9.9139.9084 (whats app)

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça um comentário!
Coloque seu nome aqui