Nesta sexta-feira, dia 27, as equipes do Malhas da lei do 3ºBPM e da Policia Civil e um PM de folga estavam na Delegacia Municipal, quando receberam informações da testemunha que é genitora de um dos imputados de de 22 anos de idade, onde esse, juntamente com sua companheira de 19 anos de idade, estava traficando drogas em sua residência.

A testemunha, proprietária da residência, permitiu a entrada do policiamento, onde a mesma relatou que não aguentava mais a situação de exposição vivida por ela, filhos e netos devido o comercio ilícito de entorpecente.

Diante dos fatos, as equipes foram até o local e localizaram 14 pedras de crack, 01 balança de precisão, 01 pé de maconha, todos no quarto dos imputados como também 62,00 (sessenta e dois reais).

Todos os envolvidos foram conduzidos a Delegacia de Polícia de Arcoverde onde os imputados foram autuados em flagrante delito e aguardam audiência de custodia.

Print Friendly, PDF & Email
COMPARTILHAR
Artigo anteriorPERNAMBUCO CONFIRMA QUARTA MORTE POR CORONAVÍRUS
Próximo artigoSERTANIENSE PEDE AJUDA PARA SEU NETO MIGUEL DE 10 ANOS COM LEUCEMIA. VAMOS AJUDAR??
Esequias Cardoso
Esequias Cardoso foi policial civil durante 10 anos e hoje é professor concursado da rede oficial de ensino do Estado de Pernambuco, graduado e pós graduado em História, pela Autarquia de Ensino Superior de Arcoverde - AESA e Universidade de Pernambuco - UPE respectivamente. Também é pós graduação em Gestão e Coordenação em Educação pela Universidade de Pernambuco - UPE. Atualmente faz Mestrado em Sociologia pela Universidade Federal de Campina Grande- Campus Sumé-Paraíba PARA ENTRAR EM CONTATO CONOSCO LIGUE (87) 9.9648.1349 ou 9.9139.9084 (whats app)

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça um comentário!
Coloque seu nome aqui