HÁ RUMORES DE QUE NESTA TERÇA, DIA 24, TRABALHADORES DA FERREIRA GUEDES IRÃO PARAR.

O Tribuna do Moxotó tomou conhecimento com exclusividade que os trabalhadores da Ferreira Guedes estão se mobilizando para uma possível paralisação.

Segundo informações, cerca de quase 3 mil trabalhadores estão correndo perigo, pois há rumores de que um colaborador da daquela empresa do túnel Ipojuca 1, mais precisamente um motorista de apoio com todos os sintomas do coronavírus e isso foi nesta segunda-feira,dia 23, e este foi afastado para procurar atendimento médico.

Ainda segundo os trabalhadores, o colaborador mora próximo de Caruaru e saiu com febre, dor de cabeça, dor garganta e muita tosse e o pior nisso tudo é que ele teve contato com mais de 30 pessoas no emboque do túnel Ipojuca 1 e que nem álcool tem na frente de serviço, o que é um perigo para todos

COM MEDO DO COVID-19: TRABALHADORES FERREIRA GUEDES PODERÃO PARAR NESTA TERÇA EM SERTÂNIA E ARCOVERDE. O MEDO DE CONTÁGIO DO COVID-19 É O MOTIVO

“Estamos todos aflitos, a empresa nada fala e não toma as medidas necessárias para a prevenção, estamos assustados. Como pode o Governo do Estado decretar a paralisação de tudo e no entanto uma obra que pertence ao próprio Estado não parar? Não estamos entendendo isso. E não é para parar tudo??”, indagou um trabalhador do trecho da Ferreira Guedes,dizendo ainda não entender a postura adotada pela empresa diante do iminente perigo com relação ao COVID-19.

Novamente colocamos nossa o site Tribuna do Moxotó a disposição da empresa Ferreira Guedes para qualquer esclarecimento. Mas se o fato realmente está acontecendo como narra alguns dos trabalhadores, nada mais justo que todos parem, afinal é a vida deles e de seus familiares que está em perigo e com a vida das pessoas não se pode negligenciar.

Print Friendly, PDF & Email
COMPARTILHAR
Artigo anteriorRUA PERGENTINO BATISTA EM SERTÂNIA PEDE SOCORRO: ESGOTO À CÉU ABERTO E BURACOS INFERNIZAM A VIDA DE MORADORES
Próximo artigoTRABALHADORES DA FERREIRA GUEDES PARAM NESTA MANHÃ DE TERÇA(24)
Esequias Cardoso
Esequias Cardoso foi policial civil durante 10 anos, é jornalista de acordo com o registro profissional nº 7052/PE, é professor concursado da rede oficial de ensino do Estado de Pernambuco, graduado e pós graduado em História, pela Autarquia de Ensino Superior de Arcoverde - AESA e Universidade de Pernambuco - UPE respectivamente. Também é pós graduação em Gestão e Coordenação em Educação pela Universidade de Pernambuco - UPE. Atualmente faz Mestrado em Sociologia pela Universidade Federal de Campina Grande- Campus Sumé-Paraíba PARA ENTRAR EM CONTATO CONOSCO LIGUE (87) 9.9648.1349 ou 9.9139.9084 (whats app)

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça um comentário!
Coloque seu nome aqui