Violência doméstica, ou seja, violência contra a mulher não para, todos os dias são registrados casos de mulheres agredidas pelos seus companheiros e neste dia 12 de março, a polícia militar registrou de agressão de companheiros contra suas companheiras em Ibimirim e Buíque e ambas as ocorrências os acusados foram autuados em flagrante delito e aguardarão audiência de custódia.

Veja as ocorrências:

Nesta sexta-feira, dia 12, policiais militares o efetivo da GT quando em rondas foram solicitados por populares informando que  estava havendo uma confusão no bairro da Boa Vista em Ibimirim.

De imediato foi feito o deslocamento até ao local informado, onde foi confirmado o fato. A vítima, uma mulher de 42 anos de idade, relatou ter um relacionamento com o imputado, e que estavam bebendo em um bar; em seguida seguiram para residência da vítima e após uma discussão o imputado começou a agredi-la sem motivo algum, dando-lhe socos, pontapés, mordidas e lesionando-a com um soco no olho, como também várias escoriações pelo corpo.

Diante dos fatos, os envolvidos foram encaminhados a DP da cidade de Arcoverde para que fossem tomadas as medidas cabíveis, onde o imputado foi autuado em flagrante delito, e será apresentado na audiência de custódia.

HOMEM AMEAÇA E AGRIDE COMPANHEIRA

O outro fato ocorreu na cidade de Buíque. A Patrulha Rural da 3ª CIA- Buíque foi solicitada via telefone, cuja ligação informava que a vítima, uma mulher de 43 anos de idade teria sido ameaçada por seu companheiro com um facão.

De imediato, a equipe foi ao local e manteve contato com a vítima onde ela relata que vem sofrendo ameaças de morte do imputado, um homem de 27 anos de idade, desde o dia de ontem, e que o mesmo quebrou vários objetos de sua casa e que ela havia escondido o facão utilizado por ele para ameaçá-la.

Em seguida, a queixosa entregou o facão ao efetivo, que de imediato conduziu as partes à Delegacia de Buíque onde o imputado foi preso em flagrante delito. O facão foi apreendido pela autoridade policial.

Print Friendly, PDF & Email
COMPARTILHAR
Artigo anteriorSERTANIENSE DISPUTA NESTA SEXTA(13) O TÍTULO DE MISS PERNAMBUCO
Próximo artigoEM SERTÂNIA HOMEM É PRESO APÓS FURTAR SUPERMERCADO
Esequias Cardoso
Esequias Cardoso foi policial civil durante 10 anos e hoje é professor concursado da rede oficial de ensino do Estado de Pernambuco, graduado e pós graduado em História, pela Autarquia de Ensino Superior de Arcoverde - AESA e Universidade de Pernambuco - UPE respectivamente. Também é pós graduação em Gestão e Coordenação em Educação pela Universidade de Pernambuco - UPE. Atualmente faz Mestrado em Sociologia pela Universidade Federal de Campina Grande- Campus Sumé-Paraíba PARA ENTRAR EM CONTATO CONOSCO LIGUE (87) 9.9648.1349 ou 9.9139.9084 (whats app)

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça um comentário!
Coloque seu nome aqui