Eleições municipais de 2020 chegando, com algumas regras diferentes das últimas, com por exemplo, as coligações proporcionais, que são aquelas candidaturas para vereador. Agora cada partido deverá ter seus candidatos, coligações não serão permitidas, o que coloca os pequenos partidos em xeque. Em Pernambuco a disputa é pelo MDB, antigo PMDB ou mais antigo ainda MDB mesmo.

Partido surgido na época da ditadura, no bipartidarismo, tempos sombrios em que só haviam dois partidos ARENA e MDB, hoje passa em Pernambuco por momentos confusos. Depois da briga pelo seu domínio do partido entre Jarbas e Fernando Bezerra Coelho, se ver que tudo é “calmaria”, mas nos municípios a coisa não é tão tranquila assim, pois o partido está dando guarida a políticos que estão claramente contra o governo Paulo Câmara.

Na última segunda-feira, dia 11, o MDB fez a maior festa com a filiação do atual prefeito de Petrolina Miguel Coelho, inclusive com a presença do presidente nacional do partido, o deputado federal Deputado Baleia Rossi, Miguel Coelho que está sendo contado para uma possível candidatura a governador de Pernambuco e aí fica a pergunta: como fica Jarbas e Raul Henry nesse tabuleiro??

RAUL HENRY AO LADO DO PREFEITO DE PETROLINA. O OBJETIVO É FORTALECER O MDB

Há rumores que o próprio Raul Henry pode sair candidato a prefeito do Recife, indo, inclusive, contra a candidatura do PSB, que hoje, teoricamente, não abre mão da candidatura a prefeito na capital pernambucana, já que governa aquela cidade a alguns anos. Aí pode começar uma boa “briga”, e isso é salutar, pois Pernambuco está precisando de forças alternativas. E dentro desses rumores, de que o MDB pode ter candidaturas próprias pelo Estado, nada será novidade daqui para frente.

“Nossa intenção é fortalecer o MDB, discutimos isso com Jarbas, com Raul Henry. Em cada município devemos ter candidaturas próprias ou na vice. A nossa caminhada é nesse sentido e a partir daí, discutir 2022 só lá frente”, disse o senador Fernando Bezerra Coelho ao Tribuna do Moxotó quando esteve em Sertânia na casa do vereador Junhão Lins dias atrás.

Já se sabe, extraoficialmente, que o ex-prefeito e ex-deputado Zeca Cavalcanti está sendo levado para o MDB e deverá ser candidato a prefeito de Arcoverde e que isso deverá ser anunciado nos próximos dias. A questão é que o MDB tem um tempo muito bom para o guia e também precisa se viabilizar enquanto partido a nível estadual, deixando de ser coadjuvante ou mesmo figurante nas eleições pelo país e principalmente em Pernambuco.

“CAVALO PASSOU SELADO“, TODOS SABEM QUE ÂNGELO, O ATUAL PREFEITO DE SERTÂNIA, NÃO QUERIA ZUZA COMO CANDIDATO A VICE-PREFEITO. FOI DERROTADO POR GUGA LINS NAS ELEIÇÕES DE 2012. E CERTAMENTE NÃO SE REPETIRÁ. TODOS SABEM QUE ZUZA É CARTA FORA DO BARALHO. MAS ELE VENDE, SEGUNDO INFORMAÇÕES, A RAUL HENRY DO MDB, ESSA ILUSÃO. TUDO PARA TENTAR SEGURAR O PARTIDO NAS MÃOS DO SEU “CHEFE”. CONSEGUIRÁ???

E em Sertânia?? Sertânia, o cenário é igual a tantos outros municípios pelo Brasil. Temos um presidente do MDB que vive de cócoras para o prefeito do município, que é subjugado, submisso, já que comanda uma secretaria que é de suma importância, a secretaria de Cultura, que ele próprio apagou por não entender nada da pasta (Sertânia foi banida do mapa cultura e turística de Pernambuco) e tem perdido importantes espaços no mundo cultural por incompetência dele mesmo e de sua equipe.

O secretário de Cultura, vive confortavelmente se submetendo a esse desserviço, sendo muito mais “Moleque de recado” do que verdadeiramente um secretário. É público e notório que esse cidadão não tem autonomia de nada e nem competência, sendo assim uma marionete, ou pedra de dominó nas mãos de quem também não sabe jogar e nesse tabuleiro é figura desconexa, tanto que, até para tirar uma folha de papel de sua secretaria, precisa de autorização do staff do prefeito, e é ele, infelizmente, o presidente do MDB em Sertânia, e já se sabe também, que “tá vendendo ilusão” a Raul Henry, achando que o todo poderoso Ângelo Ferreira poderá convida-lo para ser o vice-prefeito, grande engano, todos sabem disso, até ele mesmo. Zuza jamais terá essa oportunidade dentro do grupo do prefeito (já teve esse oportunidade quando foi vice de Cleide) e hoje ninguém o ver com seriedade, é verdadeiramente uma figura folclórica.

Então diante disso tudo, vamos esperar o amanhã. Mas é inegável, o cenário está se desenhando e só não ver quem não quer enxergar!!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorVEREADOR ORESTES LEVA SAÚDE A HENRIQUE DIAS E VISITA POÇOS LEVADOS POR ELE NAQUELA LOCALIDADE
Próximo artigoEM SERTÂNIA HOMEM É PRESO POR DIREÇÃO PERIGOSA E ALCOOLEMIA
Esequias Cardoso
Esequias Cardoso foi policial civil durante 10 anos e hoje é professor concursado da rede oficial de ensino do Estado de Pernambuco, graduado e pós graduado em História, pela Autarquia de Ensino Superior de Arcoverde - AESA e Universidade de Pernambuco - UPE respectivamente. Também é pós graduação em Gestão e Coordenação em Educação pela Universidade de Pernambuco - UPE. Atualmente faz Mestrado em Sociologia pela Universidade Federal de Campina Grande- Campus Sumé-Paraíba PARA ENTRAR EM CONTATO CONOSCO LIGUE (87) 9.9648.1349 ou 9.9139.9084 (whats app)

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça um comentário!
Coloque seu nome aqui