O vereador do Vino Veras subiu a tribuna da Câmara dos vereadores para bastante revoltado para denunciar a total falta de humanidade do Banco do Brasil, agência Sertânia.

Segundo aquele vereador, de forma fria e sem coração, um funcionário daquela agência negou-se a atender uma senhora doente que saiu do povoado de Algodões para fazer “prova de vida” na agência, e como estava dentro do carro e não tinha como se deslocar para dentro do prédio, o funcionário disse que não poderia atendê-la la fora, sabendo disso o vereador foi até aquela agência e buscou informações com o gerente sobre aquele fato. Como o gerente não se encontrava o vereador procurou falar com o tal servidor, não sabendo sem nome, pediu para que ele usasse o coração e atendesse aquela senhora. Como ele negou-se, dizendo que era norma do banco, o vereador disse que não custava nada “levantar a bunda” da cadeira para atender a senhora la fora há poucos metros, o que mais uma vez foi negado pelo funcionário. O que deixou o parlamentar bastante revoltado, pois sem dúvida nenhuma mostra a postura fria, arrogante e insensível do funcionário do Banco do Brasil.

O discurso do vereador Vino foi aparteado pelo vereador Orestes, o qual mencionou que a semana passada também sofreu a mesma coisa com sua sogra, uma senhora doente e que o funcionário do banco do Brasil também se negou a atendê-la la fora. “É norma do Banco eu sei, mas será que ia acontecer algum problema com o servidor e com o banco se deslocasse 20 metros da porta do banco até a praça onde o carro estava estacionado? Mas essa é a realidade né? Mostra exatamente o desprezo com a população mais idosa, sobretudo enferma é submetida neste país”, disse o vereador Orestes.

O vereador Vino observou que o Banco do Brasil em Sertânia não serve mais para quase nada, os serviços estão restritos, segundo ele, era melhor fechar. “as operações muitas vezes temos que ir nos correios, até para depositar um dinheiro temos quer ir aos correios”, concluiu o vereador bastante indignado com a postura insensível e fria por parte dos que fazem a agência do Banco do Brasil.

Realmente, o sentimento dos vereadores Vino e Dr. Orestes é compartilhado com diversos sertanienses, que observam a frieza e o tratamento dado aos sertanienses por aquela agência, muitas vezes para ser atendido ficam horas e horas esperando, ignorando que todos têm seus compromissos e não podem ficar ali “plantado” esperando a boa vontade de seus funcionários para serem atendidos. Já que as normas estão sendo regidamente cumpridas, por que eles não cumprem a lei sobre a questão das filas nos bancos, a qual diz que não pode exceder mais de 40 minutos, mas o que se ver em Sertânia no banco do Brasil é que essa espera muitas vezes chega a horas. Então se seus funcionários são tão zelosos para cumprir as normas do banco vamos também procurar cumprir a lei da fila que existe no Brasil

O Código de Defesa do Consumidor (CDC) e as leis sobre o tema preveem uma série de sanções administrativas aos bancos que descumprem a legislação. As penalidades podem variar de uma simples advertência à imposição de multas severas, ou até mesmo ao fechamento do estabelecimento. Se o interesse for a indenização pelo dano moral, o consumidor deve judicializar a reclamação, ou seja, recorrer ao Poder Judiciário.

Então está aí, o Banco do Brasil usa de dois pesos duas medidas. Isso não está certo! Vamos ser mais solidário com outro, ninguém tem o rei na barriga, empatia é preciso, ainda mais sendo funcionário!

3 COMENTÁRIOS

  1. Eu acho sinceramente que esse é o mal de todas as agências do Banco do Brasil ,Será q por ter o nome Banco do Brasil ,eles se acham donos do mundo kkkk

  2. Prezados Vereadores blablabla… favor verifiquem a resolução do próprio INSS. É do meu conhecimento que o Banco está trabalhando normalmente com dinheiro nos terminais, no caixa, nos correspondentes bancários espalhados no município e nos correios e também prestando seus serviços e produtos aos clientes pessoa física, empresas e trabalhadores rurais. Prestem atenção antes de falar falsas verdades.

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça um comentário!
Coloque seu nome aqui