O Tribuna do Moxotó recebeu notícias de um sertaniense que está viajando por países da América do Sul. O nome dele é José Henrique Silva Tenório, tem 21 ano de idade, e é mais conhecido como Nick Tenório, você o encontra no Instagram como @theworldnick e o mesmo tem um canal no YouTube https://youtu.be/_ckAmE1EEec.

Nick Tenório é filho de Geraldo Pintor e Ana Maria da Silva. E ele saiu de Belo Horizonte, onde mora, no dia 13 de agosto deste ano e agora se encontra na fronteira da Bolívia. O Tribuna do Moxotó falou com esse perseverante jovem que nos disse que seu lema é “Nunca desista dos seus sonhos. Tudo é possível, basta acreditar em si próprio”, diz.

“Eu sempre quis viajar o mundo. Saí de Sertânia a primeira vez aos 15 anos, sozinho fui a Belo Horizonte MG onde consegui uma estabilidade melhor. Trabalhei muito e também viajei muito, conheci o Brasil todo, volto a Sertânia pra visitar minha família e amigos. Sertânia é uma bela cidade, mas eu penso que o mundo é meu lugar”, disse.

Perguntamos a Nick como ele conseguiu dinheiro para começar essa viagem e o mesmo disse que vendeu brigadeiros em Belo Horizonte por alguns meses para conseguir o dinheiro de e se sustentar durante a viagem por um tempo. “Saí de BH dia 13 de agosto e passei por SP, Floripa, Poá entre outras cidades e ainda vendendo brigadeiros, até que saí do Brasil pelo Chuí no Uruguai”, conta.

E bastante entusiasmado, o sertaniense continua contando sua aventura: “Atravessei todo o Uruguai pegando carona, me hospedando em casas de amigos que fiz no Facebook e também em um App de viajantes, o Coushsurfing. Logo atravessei de balsa para a Argentina onde fiquei um mês em Buenos Aires, trabalhando como voluntario em um hotel para poder ter hospedagem grátis. Também trabalhei para festas e fiz brigadeiros pra vender  e depois de um mês conheci um amigo que me convidou pra ir a Bolívia e voltar fazendo o norte Argentino de bicicleta e até hoje, dia 25 de outubro, já fiz 300 km de bicicleta desde a fronteira da Bolívia até Jujuy na Argentina”, diz o sertaniense andarilho.

Nick dos seus planos para o futuro: “Eu vou voltar a Buenos Aires e volto ao Brasil para resolver umas coisas minhas e também da minha mãe adotiva que faleceu em Belo Horizonte, e se eu conseguir eu vou a Sertânia, quero ir ver minha mãe biológica e meus amigos. Tentarei ir de carona, rsrs, porque a passagem é cara”, diz.

Ele diz que em janeiro volta a viajar. “Logo em janeiro eu volto a viajar. Quero conhecer todos os países do Merco sul e depois ir pra Europa. Nada é impossível, não é nada fácil. muitas vezes eu não tenho o que comer, muitas vezes não tenho onde dormir e acampo em algum lugar com minha barraca. Mais estou realizando meu sonho, e conhecendo pessoas diferentes, lugares e culturas. Muitos me criticam porque eu não estou estudando, fazendo uma faculdade ou algo assim, sei que é bom fazer uma faculdade, mas o que eu estou fazendo é muito bom também. Eu sempre estou estudando idiomas, hoje sei falar, Inglês, Espanhol, italiano e estou aprendendo o francês”, diz Nick ao site.

Desejamos sorte a esse sertaniense arretado, o qual, demonstra através de suas palavras que viajando pelo mundo ainda há muita gente que ajuda os outros, ele é a prova disso, pois em sua narrativa, ele faz questão de contar que encontrou muitas pessoas que o ajudaram. 

Valeu amigo Nick pelo contato com o Tribuna do Moxotó e desejamos tudo de bom nessa sua aventura!!

Print Friendly, PDF & Email

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça um comentário!
Coloque seu nome aqui