Projeto é uma estratégia para aumentar a competitividade por meio de relacionamentos cooperativos  

Para contribuir com a melhora dos índices de produtividade e competitividade em Pernambuco, a Unidade do Sebrae no Sertão Central, Moxotó, Pajeú e Itaparica está inserindo grandes empresas de Serra Talhada e Região no Programa Nacional Encadeamento Produtivo, cujo objetivo principal está em promover a inserção de pequenos negócios em cadeias de valor de grandes empresas, por meio de relacionamentos cooperativos de longo prazo e mutuamente atraentes. 

De acordo com a analista do Sebrae, Naidjanne Souza, o Programa Nacional de Encadeamento Produtivo é uma estratégia para aumentar a competitividade por meio de relacionamentos cooperativos estabelecidos entre grandes companhias e pequenos negócios. “A grande empresa e o Sebrae definem o modelo de parceria, fazem um mapeamento das demandas de bens e serviços e dos requisitos exigidos. Em seguida, as pequenas empresas são diagnosticadas, o gap de competitividade é identificado, e elas recebem um plano de ação com as oportunidades de melhoria para o seu negócio”, explica a analista. 

Cursos e consultorias são realizados para que as pequenas empresas melhorem o seu desempenho e um novo diagnóstico possa ser realizado. Caso necessário, um novo ciclo de desenvolvimento pode ser implementado. 

“Dentre os principais benefícios, estão o aumento de competitividade, melhorando os preços, qualidade, flexibilidade, agilidade, redução de custos, produtividade, inovação e ampliação de mercado”, revela Naidjanne Souza, que completa informando quais os segmentos que já funcionam em Serra Talhada. “Atualmente, temos encadeamentos no segmento farmacêutico, de saúde, moda e vestuário, além de mercadinhos.” 

Para maiores informações, entre em contato com a analista Naidjanne Souza, na unidade do Sebrae de Serra Talhada, localizada na Praça Barão do Pajeú, Centro, ou pelo telefone (87) 3831-1552.

ASCOM

COMPARTILHAR
Artigo anteriorHOMEM DE 45 ANOS COMETE SUICÍDIO EM ARCOVERDE
Próximo artigoSILÊNCIO ENSURDECEDOR: PREFEITO DE SERTÂNIA NÃO EXPLICA PERDA DE EMENDA QUE COMPRARIA AMBULÂNCIA PARA ZONA RURAL
Esequias Cardoso
Esequias Cardoso é professor concursado da rede oficial de ensino do Estado de Pernambuco, graduado e pós graduado em História, pela Autarquia de Ensino Superior de Arcoverde - AESA e Universidade de Pernambuco - UPE respectivamente. Também é pós graduação em Gestão e Coordenação em Educação pela Universidade de Pernambuco - UPE. Atualmente faz Mestrado em Sociologia pela Universidade Federal de Campina Grande- Campus Sumé-Paraíba PARA ENTRAR EM CONTATO CONOSCO LIGUE (87) 9.9648.1349 ou 9.9139.9084 (whats app)

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça um comentário!
Coloque seu nome aqui