APÓS TENTATIVA DE FRAUDE, CINCO PESSOAS SÃO PRESAS EM FLAGRANTE DURANTE CONCURSO PÚBLICO DA GUARDA CIVIL DE PETROLINA

Cinco pessoas foram presas na tarde deste domingo (30), suspeitas de tentarem fraudar o concurso público da Guarda Civil Municipal de Petrolina (GCM). A operação ‘test failed’ da Polícia Civil, em parceria com a GCM, começou no mês de abril. O professor Dionísio Felipe dos Santos Júnior foi identificado como o suposto cabeça da fraude.

De acordo com a Polícia Civil, no decorrer das investigações foi identificado que algumas pessoas receberiam o gabarito da prova. O esquema funcionaria da seguinte forma: os candidatos iriam enviar fotos do exame e receberiam as respostas por mensagens de texto.

Outras três pessoas também foram conduzidas à delegacia, por serem flagradas com celulares durante revistas de rotina. O secretário executivo de Segurança Pública de Petrolina, José Silvestre, esclarece que não houve vazamento da prova. “Tivemos vários mecanismos de segurança e fizemos fiscalizações rigorosas para assegurar a integridade do concurso. Os envolvidos na tentativa da fraude foram imediatamente eliminados do certame e vão responder criminalmente na justiça”, informa.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorVEREADOR ORESTES VISITA QUILOMBOLAS EM ZONA RURAL DE SERTÂNIA E LEVA SAÚDE À COMUNIDADE
Próximo artigoMULHER É AGREDIDA COM UMA PÁ PELO COMPANHEIRO EM SERTÂNIA
Esequias Cardoso
Esequias Cardoso foi policial civil durante 10 anos e hoje é professor concursado da rede oficial de ensino do Estado de Pernambuco, graduado e pós graduado em História, pela Autarquia de Ensino Superior de Arcoverde - AESA e Universidade de Pernambuco - UPE respectivamente. Também é pós graduação em Gestão e Coordenação em Educação pela Universidade de Pernambuco - UPE. Atualmente faz Mestrado em Sociologia pela Universidade Federal de Campina Grande- Campus Sumé-Paraíba PARA ENTRAR EM CONTATO CONOSCO LIGUE (87) 9.9648.1349 ou 9.9139.9084 (whats app)

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça um comentário!
Coloque seu nome aqui