Após levantamento do NIS-1/3º BPM, o efetivo da GT 3000, da MO 3101, da MO 3102 se deslocaram para o Bairro JK, Arcoverde, onde a imputada, uma mulher de 32 anos de idade, estava na porta da residência e ao perceber a presença policial, correu para o interior da casa, em direção ao quintal.

Diante da atitude suspeita e considerando que o levantamento dava conta que a referida teria recebido um carregamento de droga e uma arma de fogo, se deu prosseguimento as abordagens e a imputada confessou que a droga estava no quintal da casa.

Após buscas foram localizados por um policial dentro de uma máquina de lavar 04(quatro) tabletes da droga conhecida popularmente por maconha, além de 02(duas) pedras de uma substância conhecida por crack, totalizando 112(cento e doze) gramas.

Ainda naquela residência, dentro de um do guarda-roupas e enrolado num short, foi encontrado 01(um) revólver calibre 38, oxidável, de numeração 0349121, marca Rossi, 03 (três) munições de mesmo calibre e intactas da marca CBC, a arma encontrava – se desmuniciada, foram encontrados no mesmo local, R$561,00 (quinhentos e sessenta e um reais) distribuídos em várias cédulas, algumas “trouxinhas” de maconha, totalizando 13 g e 01 (um) punhal.

Em diversos locais da residência ainda foram apreendidos:

01(um) facão;
01(um) canivete;
03(três) tesouras (utilizadas no fracionamento da droga);
01(um) dólar de maconha pesando 02 g.;
01(um) cachimbo para uso da droga;
01(um) celular Samsung J7 prime branco;
01(um) celular Multilaser preto;
01(um) celular LG preto;

Também foram encontrados ali diversas bitucas de cigarro de maconha. Após questionada, a imputada relatou que havia recebido a droga, através de uma mulher conhecida por “Madalena”, mas que não sabia onde morava.

A imputada explicou aos policiais que ficaria com a droga para entregar a um terceiro, mas no entanto não soube informar quem seria.

Diante dos fatos, foi dada a voz de prisão, e a mesma foi encaminhada à Delegacia de Polícia de Arcoverde, juntamente com o material apreendido, onde foi autuada em flagrante delito, por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo, de uso permitido.

Print Friendly, PDF & Email
COMPARTILHAR
Artigo anteriorAGENDA DO GOVERNADOR PAULO CÂMARA DE SÁBADO (18/05) E SEGUNDA-FEIRA (20/05)
Próximo artigoHOJE, DIA 18: VEREADOR DAMIÃO SILVA PROMOVE EVENTO EM HOMENAGEM AO DIA DO REPENTISTA
Esequias Cardoso
Esequias Cardoso foi policial civil durante 10 anos, é jornalista de acordo com o registro profissional nº 7052/PE, é professor concursado da rede oficial de ensino do Estado de Pernambuco, graduado e pós graduado em História, pela Autarquia de Ensino Superior de Arcoverde - AESA e Universidade de Pernambuco - UPE respectivamente. Também é pós graduação em Gestão e Coordenação em Educação pela Universidade de Pernambuco - UPE. Atualmente faz Mestrado em Sociologia pela Universidade Federal de Campina Grande- Campus Sumé-Paraíba PARA ENTRAR EM CONTATO CONOSCO LIGUE (87) 9.9648.1349 ou 9.9139.9084 (whats app)

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça um comentário!
Coloque seu nome aqui