“Definitivamente o estado realmente é de caos em Sertânia e na saúde é um Deus nos acuda. Ontem, dia 15, estive no hospital e ali pôde perceber o quando a saúde está sendo negligenciado por quem tanto prometeu e por quem tanto criticava o prefeito Guga Lins. Na noite de ontem não tinha médico no hospital, pelo que soube, a médica cobriu o outro médico, que não compareceu até a parte da tarde, e depois foi embora, a noite não ficou nenhum médico, as pessoas que ali chegavam aflitas para serem atendidas, não tiveram nenhum atendimento médico, um verdadeiro absurdo e de quebra, diante de um calor imensurável, conseguimos observar que os ventiladores estão com gambiarras, inclusive amarrados com cateter de oxigênio e cheio de poeira, levando todo perigo para nós pacientes. Estou enviando fotos, espero que o Tribuna publique para mostrar a realidade em que vive Sertânia. Para ter ventilador sem poeira e sem perigo por conta das gambiarras, nós, os pacientes, levamos os nossos, já que na emergência masculina não tem um ventilador sequer. Esta é a Sertânia, em meio a anúncios de festas e gastos exorbitantes com contratação de bandas e construção de obras que visa a promoção administrativa, a saúde está assim, agonizando e na UTI, espero que consertem e limpem estes ventiladores, que disponibilizem médicos para que atenda a população. Ele não criticava tanto o gestor anterior? Ele tem obrigação de acertar, pois é  a terceira vez que é prefeito”, disse a denunciante, pedindo até pelo amor de Deus que não a identificasse, pois tem medo de represálias.

   VENTILADORES “AMARRADOS” COM CATETER” DE OXIGÊNIO

Olha aí cidadão sertaniense, esta é a realidade, Sertânia está a deriva e para mascarar esta verdade, e para mascarar esta realidade, anuncia-se com antecedência assustadora, as atrações de uma festa, que há pelo menos 16 anos, era anunciada, com todas as pompas, no aniversário de Sertânia, festa esta que sequer anunciaram quem vai tocar neste evento e vem primeiro. Ver-se claramente que estão tentando aplicar a estratégia dos imperadores romanos, onde o povo era levado a “esquecer” as crises e a fome, e para isso promoviam grandes eventos em grandes arenas, como o coliseu romano. Era Política do Pão e circo(panem et circenses, no original em Latim).


OLHA AÍ SERTANIENSE A VERBA PARA COMPRAS DE EQUIPAMENTOS E MATERIAIS PERMANENTES DESTINADOS AO BLOCO CIRÚRGICO DO HOSPITAL. O PREFEITO ESTÁ ESPERANDO O QUE? AS ELEIÇÕES NO PRÓXIMO ANO PARA FAZÊ-LO FUNCIONAR????? SÃO QUASE 300 MIL REAIS.

BLOCO CIRÚRGICO: IMAGENS ENVIADAS PELO NOSSO LEITOR SOBRE O CAOS NO HOSPITAL DE SERTÂNIA

O RAIO X “DESCANSA” HÁ QUASE TRÊS ANOS NOS CORREDORES DO HOSPITAL E O PREFEITO DE SERTÂNIA NÃO INSTALA, GASTANDO ABSURDOS PARA FAZER RAIO EM CLÍNICAS PARTICULARES.

Assim, nos tempos de crise, em especial no tempo do Império, as autoridades acalmavam o povo com a a construção de enormes arenas, nas quais realizavam-se sangrentos espetáculos envolvendo gladiadores, animais ferozes, corridas de bigas, acrobacias, bandas, espetáculos com palhaços, artistas de teatro e corridas de cavalo. Outro costume dos imperadores era a distribuição de cereais mensalmente no Pórtico de Minucius. Basicamente, estes “presentes” ao povo romano garantia que a plebe não morresse de fome e tampouco de aborrecimento. A vantagem de tal prática era que, ao mesmo tempo em que a população ficava contente e apaziguada, a popularidade do imperador entre os mais humildes ficava consolidada.


PARA NÃO “MORRER DE CALOR”, OS PACIENTES LEVAM SEUS VENTILADORESEMERGÊNCIA MASCULINA SEM UM VENTILADOR SEQUER

Infelizmente a população carente, que precisa daquele hospital forma emergencial, encontra um estado de caos e tem que recorrer as cidades vizinhas. ali naquela unidade se encontra um raio x de última geração há quase três e um centro cirúrgico servindo para depósitos e ali não se faz um simples parto. O vereador Dóia denunciou dias atrás um caso absurdo, onde uma grávida foi transferida para a cidade do Recife para ter um parto normal naquela cidade e a mulher, sem condições financeiras nenhuma, teve que penar para voltar a Sertânia com seu bebê. Esta é a Sertânia real, a outra, elogiada tanto pelo vereadores ventriloquos do prefeito, essa ninguém conhece, a não ser os próprios parlamentares e os ungidos do prefeito Ângelo Ferreira.

Lamentável isso sertaniense!!!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorEM SERTÂNIA HOMEM É PRESO POR AMEAÇAR COMPANHEIRA E QUEBRAR MEDIDA PROTETIVA
Próximo artigoESPOSA DE ZEQUINHA DOS CORREIOS SEGUE INTERNADA EM CARUARU
Esequias Cardoso
Esequias Cardoso é professor concursado da rede oficial de ensino do Estado de Pernambuco, graduado e pós graduado em História, pela Autarquia de Ensino Superior de Arcoverde - AESA e Universidade de Pernambuco - UPE respectivamente. Também é pós graduação em Gestão e Coordenação em Educação pela Universidade de Pernambuco - UPE. Atualmente faz Mestrado em Sociologia pela Universidade Federal de Campina Grande- Campus Sumé-Paraíba PARA ENTRAR EM CONTATO CONOSCO LIGUE (87) 9.9648.1349 ou 9.9139.9084 (whats app)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça um comentário!
Coloque seu nome aqui