PARA MAIORIA DOS INTERNAUTAS EM SUAS REDES SOCIAIS ATO DE COLOCAR NOME DE RUA EM SERTÃNIA DA VEREADORA ASSASSINADA NO RJ É PURA HIPOCRISIA. "QUEM SURFAR NA ONDA DESSE CASO QUE AINDA DÓI NA ALMA DO BRASILEIRO QUE PRIMA PELA DEMOCRACIA", DISSE UM INTERNAUTA.

Impressionante a repercussão negativa que ganhou a suposta homenagem feita pelo vereador Antônio Henrique “Fiapo”, dono do desavergonhado projeto que foi votado na Câmara de vereadores de Sertânia, dando nome a uma rua a vereadora morta no Rio de Janeiro, Marielle Franco.

Vários comentários nas redes sociais mostram toda indignação da população sertaniense e em nenhum momento, após analisarmos esses comentários, se discutiu o mérito da homenagem em si, pois sabe-se que a mesma, a vereadora assassinada, pela suas lutas, é digna de todas as homenagens possíveis, mas pela pressa em que esse parlamentar e seu irmão, colocaram o tal projeto para ser votado e em vê-lo aprovado e mais ainda em coloca-lo em prática. Fato um tanto curioso, pois nunca se viu o prefeito Ângelo Ferreira presente em outros eventos que davam nomes de ruas que levaram nomes de ilustres sertanienses.

SURFANDO NA ONDA DO HORROR: FATO NUNCA VISTO EM SERTÂNIA. PREFEITO ÂNGELO E SUA TRUPE(CHAMARAM ATÉ UM DEPUTADO) PARA COLOCAR UM NOME DE UMA RUA DA VEREADORA MORTA NO RJ. ESPERA-SE QUE QUANDO COLOCAREM O NOME DE OUTROS SERTANIENSES NAS RUAS DE SERTÂNIA ELE TAMBÉM FAÇA ESTA MESMA “FESTA”.

Na verdade o vereador autor do projeto e o prefeito Ângelo Ferreira, querem surfar na onda da popularidade que o caso ganhou. Como verdadeiros hipócritas, querem posar de “bonzinhos”, de cordeirinhos, mas são verdadeiramente lobos e o mais descarado nisso tudo é querer “ganhar pontos” em meio a toda essa tragédia. Para evidenciar que tudo isso é pura hipocrisia basta olhar o que fazem com seus opositore: perseguem, discriminam, criam um clima divisionista em Sertânia e massacram aqueles que não pensam como eles. Quanta contradição né mesmo leitor???

Além do mais temos pessoas em Sertânia que mereciam que ruas também ganhassem seus nomes, pessoas ilustres que participaram ativamente da história do nosso município e que hoje descansam no anonimato cruel, estão esquecidas, como o poeta, escritor e professor Waldemar Cordeiro, que mesmo com toda contribuição dada em vida a Sertânia, nunca recebeu sequer uma homenagem de um nome de uma rua. Todos sabem que Waldemar cordeiro é autor do hino do município e deixou importante legado.

Alguns falaram nas redes sociais e indagaram por que não homenagear aqueles cidadãos que foram vítimas naquela explosão quando da obra da transposição em Sertânia? Por que não dar um nome de uma rua professora que morreu em uma capacitação promovida pela prefeitura um acidente na quadra da escola Etelvino Lins? Por que não homenagear pessoas que diuturnamente levam o nome de nossa cidade para os mais longiquos lugares e que na luta, no front, de buscar um vida melhor, sucumbem e morrem nessa luta insana que o capitalismo selvagem impõe? Vamos levar aos leitores alguns posts da indignação de alguns sertanienses que pensam e que sabem, como ninguém mostrar que aqui não se tem lado, nem de direita e nem de esquerda, mas reconhecem de longe quando o ato cheira a podre, quando cheira a HIPOCRISIA.

CLIQUE EM CIMA DAS IMAGENS PARA LER OS INÚMEROS COMENTÁRIOS DE SERTANIENSES EM SUAS REDES SOCIAIS. VIROU PIADA A AÇÃO HIPÓCRITA DO VEREADOR E DO SEU IRMÃO EM SERTÂNIA

Vemos o prefeito Ângelo Ferreira falar em democracia. Quem é ele para falar em democracia? Logo ele que usa do seu prestigio, do seu poder, para pisar em adversários, em seus desafetos, usa do seu poder para barrar seus opositores em tudo que é lugar; que não deixar que as coisas aconteçam em Sertânia se não passar por suas mãos? Logo ele que, junto como deputado Gonzaga Patriota, usa antidemocraticamente uma rádio, uma concessão pública, para se autopromover e de uma forma ditatorial, não deixa que nenhum membro da oposição tenha um programa naquela emissora, ferindo mortalmente a democracia. Logo ele, falar em democracia? Deixemos Marielle descansar em paz e que seu legado de mulher guerreira e democrata sirva de reflexão a todos os coronéis ainda hoje existentes nos confins do sertão para que quando pensar em usar o poder para colher benesses para si e para os seus, pensem no povo carente e oprimido que tanto ela defendeu. isso sim seria uma bela homenagem, o resto é pura HIPOCRISIA.

O momento é de total indignação de vê-la assassinada, mas usar o caso dela para aparecer e querer parecer cordeirinhos, estão errados. Ela e sua história merecem respeito.

Respeitemos pois!!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorHOMEM É ASSASSINADO NA CIDADE DE BUÍQUE. POLÍCIA PRENDE SUSPEITO
Próximo artigoÉ DE SERTÂNIA PAI DA MOÇA QUE CONSEGUIU FUGIR DO SEU ALGOZ EM ESCOLA DE SUZANO
Esequias Cardoso
Esequias Cardoso é professor concursado da rede oficial de ensino do Estado de Pernambuco, graduado e pós graduado em História, pela Autarquia de Ensino Superior de Arcoverde - AESA e Universidade de Pernambuco - UPE respectivamente. Também é pós graduação em Gestão e Coordenação em Educação pela Universidade de Pernambuco - UPE. Atualmente faz Mestrado em Sociologia pela Universidade Federal de Campina Grande- Campus Sumé-Paraíba PARA ENTRAR EM CONTATO CONOSCO LIGUE (87) 9.9648.1349 ou 9.9139.9084 (whats app)

6 COMENTÁRIOS

  1. É lamentável , injusto , ao mesmo tempo pergunto : Qual a ligação do senhor Epaminondas Morais com os esportes , para ser homenageado com um ginasio de esportes ? Sabemos e respeitamos à pessoa política , pública , pelo mesmo . Pe. Cristiano fez . Zina . Maínha . Nena de Nestor . Paulo Amaral , nomes exemplares , fundamentais para muitos filhos de Sertânia que fazem de suas pessoas ser contribuintes para inúmeras pessoas no país e fora também , e fazem questão de apresentar – se como sertaniense . Marielle merece aplausos , respeito pela mulher que se formou à favor da igualdade social , e não somente os menos favorecidos . Marielle é mais uma de tantas mulheres assassinadas pelo egoísmo do poder administrivo político . Porquê o motorista Anderson , em atividade da função , também morto pelo motivo queima de arquivo não terá UM dia específico . UMA rua em sua homenagem . Ele também tinha mãe , esposa , filha criança à UM ano orfã ? Não é nitido questões de reconhecimento feminista , como representante da sociedade municipal no estado do RJ , e sim mais uma prova real do marketing democrático no país , apoiar questões inflamavéis por se falar em policiais militares , como também fazer lembrar que o atual presidente Jair Messias Bolsonaro é ex militar . Péssima atitude Vereador e Presidente da Câmara Antonio Henrique , espelhe – se no slogan troque armas por livros , do ex candidato à Presid Hadadd . Façamos jüz ao que condiz com o municipio de Sertânia , desarme – se mostre – se mais positivo juntamente com o seu irmão e prefeito Ângelo , como fez a nova creche Prof Raimundo Gois . Ninguém ama sozinho , amem – se , reconquistem mais amores à favor da confiança quando ambos foram eleitos . Um País em “construção ” em conflitos com seus estados , cidades , cidadões não avançará jamais . Vitoriosos são aqueles que sabem perder , aceitar sem revolta , querer aprender e fazer o melhor , vale lembrar quantas lutas Ângelo lutou , perdeu , venceu em sequências e voltou a vencer . Ame – se Antonio Henrique , a sociedade precisa de um convivio AMORNIZADO E AMOROSO .. Fica a observação de quem não reside em Sertânia , mas amo minhas raízes , e tantos conterrâneos citados acima . Marielle Franco – Anderson PRESENTE 💚🏆💙 = 👍

  2. Sobre o projeto que faz homenagem a ex- Vereadora Marielle Franco da cidade do Rio de Janeiro, gostaria de saber se existe nome de rua em Sertânia com o nome de Antão Alves de Souza, caso ainda não exista, sugiro uma homenagem ao fundador da cidade com nome de uma rua.

    • Prezado José Francisco da Silva, Antão Alves de Souza recebeu uma homenagem, tardia até, considerando que ele foi o fundador da Cidade, mas recebeu. A rua Antão Alves, se não me engano, fica próxima à antiga Cerâmica Pérola, na saída para Monteiro (PB).

      Quanto à Rua Marielle Franco é, no mínimo, falta do que apresentar como projeto na Câmara. Se querem batizar uma rua, que o façam homenageando personalidades que deixaram um legado em Sertânia e que, durante toda a sua vida, dedicaram-se a promover o nome da nossa Cidade.

      Se falta memória, aí vão alguns: José Bonald, Dr. Horácio Martins, Prof. Zé Paulo, Prof. Vital, Prof. Paulo Amaral, Prof. Zina, Elizabete Freire, Pe. Christiano Jacobs, João Cardoso, Jairo Araújo, Bartolomeu Brasiliano…

      E se quiserem mais, tem uma ruma de nomes

      • Bom dia Rev. Josielson. Bom dia José Francisco. Primeiro queremos agradecer pela intervenções de ambos através de seus comentários no Tribuna do Moxotó. Obrigado por engrandecer este bom debate. Realmente Josielson, você tem razão, a rua Antão Alves já existe, mas só fazendo uma correção, ela é a chamada rua do Juá e fica nas imediações da Rua velha, na ida para o bairro do Alto do Rio Branco. Um grande abraço.

        • Valeu Esequias. Faz um tempinho que não vou à Sertânia e sou meio desorientado, quanto a esse lance de localização. rsrsrs Forte Abraço!

      • Nobre conterrâneo Josielson , vale expor os nomes dos vossos pais . É lembrar de seu Expedito sorria desejando à todos um bom dia , enquanto a matriarca escolhia os discos de vinil que serveria para o dia . Faço uso das suas palavras nomes não faltarão , bem como projetos mais necessitados para continuar de pé no cenário da cidade .. Clube América , não é obrigatoriedade exclusivas , é um leilão de amor que faz parte de cada um de nós . Maínha ” pouco ou ruim ” viveu para o América . Pe. Cristino por não ser natural de Sertânia , fez o melhor pela educação , pelo hand boll vitorioso , quadras esportivas de uma única cor , paredes brancas , barras , traves , portões verdes . Cores com significados populares Paz e Esperança . Julgando , construiu a casa do ancião , onde é sepultado , quem imaginaria um final feliz para o foclórico Pelé ? Modificou a beleza dos vitrais janelares da Igreja , construiu o Centro Artesanal ao lado da Igreja . Pode não ter crescido como o planejado , mas inrregularidades não teve . Porquê não levar maiores benéficios para os idosos da Casa São Vicente de Paula ? Tantos porquês significantes , de suma importância à favor da realidade sertaniense . Quando não é ganhando tempo para julgar os antecessores , ganham tempo valorizando “obra prima ” de outro estado para cobrir obras enrraizadas eternamentes vivas para nós . Seu Expedito vire o disco , só não grave uma fita cassete com esse tema novelário . Josielson , grande abraço a Prof Josi Lira , fui sua aluna no Amaro Lafayette , persintente em educar era ela também .

Deixe uma resposta para Rev. Josielson Matos Cancelar resposta

Faça um comentário!
Coloque seu nome aqui