O Governo de Pernambuco atendeu duas das principais demandas dos produtores de leite do Estado: a revogação da isenção fiscal para importação de leite em pó do Mercosul e a reformulação da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Leite e Derivados.

As medidas foram anunciadas, nesta quinta-feira (14), durante encontro na cidade de Bom Conselho, no Agreste Setentrional, promovido pelo Movimento SOS Produtores de Leite, que reuniu cerca de 200 produtores de leite e 15 prefeitos das cidades integrantes da bacia leiteira do Estado. Coube ao secretário de Desenvolvimento Agrário, Dilson Peixoto, em nome do governador Paulo Câmara, apresentar os decretos 47.182 de 12 de Março de 2019 e 47.189 de 14 de Março de 2019.

O secretário antecipou ainda o conteúdo de um novo decreto do governador, que deve ser publicado nos próximos dias, que vedará a concessão de benefícios fiscais para o leite em pó comercializado por centrais de distribuição que operam no Estado. “Desde o primeiro momento, o governador Paulo Câmara é um grande aliado dessa causa. Essas duas medidas saíram da pauta de vocês (produtores) não do gabinete do secretário”, destacou.

Além da pauta estadual, em parte já atendida pelo Estado, os produtores presentes no encontro apresentaram ainda uma pauta federal, que vai demandar a articulação da bancada federal pernambucana e de estados vizinhos, como Alagoas e Paraíba. Anfitrião do encontro, o prefeito de Bom Conselho, Danilo Godoy, reforçou a necessidade de cada prefeito presente no encontro procurar os deputados federais com quem têm contato para abraçar a causa. Mobilização também defendida pelo pelo prefeito de Afogados da Ingazeira e presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), José Patriota, e pelo prefeito de Cacimbinhas-AL, Hugo Vandelei, também presidente da Associação Municipalista de Alagoas (AMA).

“O Governo de Pernambuco e todos os seus integrantes são parceiros dos produtores de leite do Estado para recuperar e dinamizar um setor com a importância que a bacia leiteira tem para o semiárido pernambucano e para a agricultura familiar do Estado”, reforçou Dilson ao final do encontro.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorSERTANIENSE MORTO EM MG SERÁ SEPULTADO EM SERTÂNIA NESTA SEXTA(15)
Próximo artigoLEI QUE PROÍBE A ENTRADA DE TERCEIROS SEM IDENTIFICAÇÃO EM ESCOLAS DE PERNAMBUCO JÁ EXISTE
Esequias Cardoso
Esequias Cardoso é professor concursado da rede oficial de ensino do Estado de Pernambuco, graduado e pós graduado em História, pela Autarquia de Ensino Superior de Arcoverde - AESA e Universidade de Pernambuco - UPE respectivamente. Também é pós graduação em Gestão e Coordenação em Educação pela Universidade de Pernambuco - UPE. Atualmente faz Mestrado em Sociologia pela Universidade Federal de Campina Grande- Campus Sumé-Paraíba PARA ENTRAR EM CONTATO CONOSCO LIGUE (87) 9.9648.1349 ou 9.9139.9084 (whats app)

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça um comentário!
Coloque seu nome aqui