created by dji camera

Já está em operação a primeira etapa do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) da cidade de Venturosa, na região Agreste. A obra, uma iniciativa prioritária do governo Paulo Câmara, que visa ampliar os serviços de esgoto em todo o Estado, beneficia inicialmente mais de 11 mil pessoas nos bairros da Cohab e Centro e nos loteamentos Arco-íris e Nossa Senhora das Graças. A segunda etapa do empreendimento está em execução, e atenderá mais 4 mil moradores nos bairros do Mutirão (incluindo o Bacural), Campo Grande e Rio dos Bois, possibilitando ampliar para 95% a cobertura de esgotamento sanitário em Venturosa. No total,  a obra recebe um investimento de R$ 33,5 milhões, recursos da Caixa/ FGTS, por meio do Ministério  do Desenvolvimento Regional), com contrapartida do Governo do Estado.

Na primeira etapa da obra foram implantados 30 quilômetros de rede, além de duas estações elevatórias (bombeamento) e uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), unidades que já permitem colocar o sistema em funcionamento. Para complementar o empreendimento, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) trabalha para construir mais duas estações elevatórias, além de realizar o assentamento de 16,4 quilômetros de tubulações (rede coletora, ramais de calçada e emissário). A segunda fase da obra está 10% concluída e deve ficar pronta no final deste ano. “No entanto, à medida que o serviço vai sendo executado nessa etapa, já vamos realizando as interligações dos imóveis à rede coletora, tendo em vista que a Estação de Tratamento foi construída para atender toda demanda da cidade”, pontua o presidente da Compesa, Roberto Tavares.

Nesse momento, as frentes de serviço estão atuando no Bacural, localidade que faz parte do bairro do Mutirão. “O governador tem se empenhado na obtenção de recursos para a realização de obras de esgoto tanto na Região Metropolitana do Recife como no interior justamente porque investir em saneamento é cuidar da saúde das pessoas”, afirmou Roberto Tavares, citando os dois grandes programas de esgoto em execução no interior para revitalização das bacias hidrográficas dos rios Ipojuca e Capibaribe.

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça um comentário!
Coloque seu nome aqui