O vereador Junhão Lins, irmão do ex-prefeito Guga Lins na reunião da Câmara de Vereadores subiu a tribuna e ali proferiu seu discurso em defesa do seu irmão, que de forma covarde, foi atacado pelo atual prefeito Ângelo Ferreira em “sua rádio”, em seu carro de som e seus blogs, meios de comunicação que ele domina e que não oferece direito de resposta.

A população na verdade ainda se pergunta por que o atual prefeito, que prega nos quatro cantos de que está bem avaliado, está tão preocupada e cuida diariamente de apenas atacar o ex-prefeito, tendo a única e exclusiva preocupação de desconstruir a gestão de Guga Lins? Gestão esta que já bateu nele nos números do IDEB, que não teve o TCE visitando-o diariamente, que não teve nenhuma escândalo. Estes e outros motivos deixam claros o desespero o prefeito Ângelo Ferreira. Na verdade ele esta passando e simplesmente não aceita!!!

Por tudo isso o vereador Junhão em seu discurso levou esclarecimentos sobre a nota em carro de som emitida pelo prefeito Ângelo Ferreira em que falava sobre o julgamento do relatório da gestão fiscal que estabelece o percentual de gasto de pessoal onde a 1ª Câmara do TCE julgou irregular o exercício  2016.

“Este é um julgamento inicial que cabe recurso no decorrer do processo e o ex-prefeito Guga Lins irá apresentar sua defesa e justificativas para sanar possíveis irregulares para o TCE, como ocorreu com a ex-prefeita Cleide Ferreira em 2010, ao qual você falaram aqui, que na época, foi julgada supostamente por uma primeira análise irregular pelo TCE e que durante o período de defesa, a mesma conseguiu justificar ao órgão as irregularidades apontadas pelo mesmo, tendo agora em 2019, já que foi de 2010, julgada suas contas como regular com ressalvas, o que mostra que é comum todo gestor que diante de várias obrigações e responsabilidades, precisa de mais tempo para resolver essas pendências preliminares apontadas pelos órgão fiscalizador”, frisou Junhão.

QUASE QUE DIARIAMENTE A PREFEITURA DE SERTÂNIA ESTÁ RECEBENDO VISITAS DO TCE. FRUTO DE DENÚNCIAS DA OPOSIÇÃO E SEUS ADVOGADOS

O vereador também saiu em defesa do irmão na questão da acusação sobre uma suposta decisão do TCE de que o ex-prefeito terá que devolver a quantia de quase um milhão e meio. Segundo aquele parlamentar municipal, trata-se de uma matéria que tenta denegrir a imagem do ex-prefeito, quando tenta passar para a população que aconteceu desvio de recursos, quando na realidade o ex-prefeito executor a obra e entregou a população, tendo inclusive, realizado a obra a mais do que constava no projeto da referida creche. “O ex-prefeito ainda não foi citado da decisão do FNDE e a atual cabe defesa e no momento oportuno, com os devidos esclarecimentos e justificativas serão apresentados ao órgão competente para sanar supostas irregularidades apontadas, pois toda população pode conferir com a própria creche Vereador Dr. Bartolomeu Brasiliano a execução da obra que vem abrigando os filhos de sertanienses. Portanto as demais questões formais serão oportunamente esclarecidas e regularizadas, pois não  houve desvio de dinheiro público”, esclareceu Junhão.

Em seu discurso, o vereador frisou que tudo isso foi a atual gestão querendo encobrir o que foi manchete no diário oficial do TCE com a suspensão do pregão eletrônico. Onde a atual gestão pretendia comprar o valor estimado de CINCO MILHÕES OITOCENTOS MIL E QUARENTA E UM MIL REAIS de combustíveis para a frota municipal e o Tribunal atento a essa tamanha irregularidade em cima do preço e comparada a gestão passada onde tava quase 600% superfaturadas cima dos valores gastos na gestão passada. “Esse assunto eu já tinha mencionado antes do  recesso parlamentar, conforme oficio enviado, onde o prefeito apresentou sua defesa, mas não convenceu a justiça”, alfinetou o vereador.

SERTÂNIA FOI DESTAQUE NEGATIVO EM TODO ESTADO NO DIÁRIO OFICIAL DO TCE

Junhão lembrou em seu discurso que na verdade o prefeito ataca o ex-prefeito para esconder a avaliação negativa de sua gestão feitas pelo TCE e pela SUDENE, tendo o município de Sertânia obtido a pior nota considerada pelo Tribunal de Contas como um município de baixo nível de adequação, já a SUDENE apresentou o meso resultado, onde a atual gestão, segundo aquele vereador, foi muito mal avaliada em todos seus indicadores.

O vereador subiu a tribuna daquela casa legislativa e deixou claro que a atual gestão, por fazer uma administração medíocre, inclusive, analisada pelo olhar de órgãos competentes, está muito mais preocupada em desconstruir o que a população hoje está ciente, a de que o ex-prefeito Guga Lins, apesar de ter sido extremamente atrapalhado por ele quando era deputado, fez uma administração voltada para a população e que em nenhum momento, foi alvo de nenhum escândalo, não tendo seleção simplificada cancelada pelo TCE, nem pregão de combustível sendo manchete de diário oficial e nem tampouco foi pessimamente avaliada por órgãos competentes . Com certeza é isto que está preocupando o atual gestor Ângelo Ferreira. Daí os ataques a Guga Lins.

Veja o discurso em vídeo do vereador Junhão na Câmara de Vereadores de Sertânia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça um comentário!
Coloque seu nome aqui