Os três filhos de Paulo Mariano, Paulo Gustavo de Barros Moreira, Pollyanna Cristina de Barros e Yêda Cristiane de barros, os irmãos José Arimatéa dos Santos e Socorro Mariano, convidam demais familiares, amigos e toda comunidade sertaniense para o sepultamento do seu pai e irmão Paulo Mariano de Carvalho.

O sepultamento será às 16 horas, quatro horas da tarde, no cemitério do distrito de Albuquerque Né. O velório está sendo naquele distrito.

Várias amigos, poetas e familiares, como o poeta Rildo Mariano, que é primo de Paulo Mariano, um dos primeiros a externar sua dor pela perda do grande amigo e familiar, usaram as redes sociais para falar sobre a grande perda do amigo sertaniense e recebemos do poeta e professor Josessandro Andrade o seguinte texto:

POETA PAULO MARIANO : UM AMIGO DE VERDADE
Por  Josessandro Andrade. 

Ainda estou aqui destroçado. Não consegui escrever nada ontem. Só lágrimas. As ideias estão turvas e uma dor imensa. Quando recebi a notícia da  partida de Paulo Mariano deste plano uma profunda tristeza tomou conta de mim, o sal das lagrimas temperou a noite toda minhas lembranças, não deixando me conciliar o sono, exceto cochilos logo interrompidos.

Órfão de mãe ainda criança, Paulo nunca teve vida fácil. Estudou em Recife, fez teatro em Sertânia no Grupo Disparada e trabalhou como Técnico da Embratel. Época de vacas gordas financeiramente, onde ajudou muita gente, principalmente de Albuquerque Né, sua grande paixão. Advogado, militante político de esquerda, Poeta, mas sobretudo um ser humano de grande coração, de espírito generoso e de uma prestatividade impar. Sujeito educado e gentil, era capaz de gestos de gentleman. Temperamento forte, tipico da nossa grande família,  Os Siqueira do Moxoto, de Mestre Pantaleão de Siqueira, por um lado, e por outro de Pai Guilherme de Carvalho, nosso Guilherme da Cachoeira.

Conheci Paulo Mariano ha trinta anos. Em 1988 e de lá pra acompanhei sua vida, nos tornando grandes amigos.  Foi meu advogado nos divórcios e nas perseguições que sofri, colocando seu preparo a serviço de sua coragem de caboclo desassombrado dos Mariano de Siqueira do Sitio Pantaleão, Terra dos Mestres da Poesia Ulysses Lins e Alcides Lopes de Siqueira, nossos parentes distantes , sendo qua obra do segundo ,  eu conheci através  de Paulo.

Enquanto esteve solteiro frequentei sua Casa, tomando drinques, ouvindo música, conversando sobre Memória, literatura, amores, confidências.  Papos em alto grau de inteligência e  cultura. Ele frequentava minha casa , tomava café  comigo e meus pais , sempre elegante  nas palavras e carinhoso com toda gente.

Foi  conosco e outros mais, um dos fundadores da SAPECAS Sociedade dos poetas escritores e Compositores e artistas de Sertânia em 2008.  Frequentador da Casa dos Poetas ,  em uma última tertúlia,  de sexta-feira,  ficou impressionado com o talento dos Jovens poetas e artistas John Moraes , 18 anos e Emanuelly Dantas,  15 anos , motivando – o a ir buscar seu caderno de poemas e a recita los no Palco da Casa dos Poetas. Era um poeta de verso livre de qualidade.

A fé me da paz e luz pra entender que  Deus sabe o que é  melhor pra cada um.   E ele nao nos desampara nunca.  Que Possa colocar Paulo em bom lugar. Ele certamente  merece.

Mais tarde vou ao sepultamento em Albuquerque Né  sepultar um dos caras que foi mais meu amigo. Que sempre me estendeu a mão,  principalmente  nas horas mais difíceis,  que nunca negpu fogo,  quer seja com sua coragem, quer seja com sia doçura.  Tanto nos atos como nas palavras. Um amigo de verdade.

Que ele possa Agora encontrar – se com  Serapiao , Sindor , Leonardo , Izidoro,  Ceu  , Damião e  tantos outros.  Junto com os primos Walmar , Gripa , Mozart  Lopes de Siqueira e Rosa Ignez  fazerem um Sarau do grande celeiro de Poetas que é  Albuquerque Né , fazendo o ceu mais bonito.

P. S * Quero dedicar esse artigo de saudade a meus primos poetas Rildo Mariano e  Maurício Floriano, as primas Bernadete Lopes e Julia Mariano e ao primo Geovane Siqueira,  que possamos partilhar essa dor , amenizada pelas boas lembranças que Paulo nos deixa e pelo bom legado que dele fica.

PAULO MARINO O SEGUNDO DA ESQUERDA PARA DIREITA, EM SUA ÚLTIMA PARTICIPAÇÃO NA CASA DOS POETAS
COMPARTILHAR
Artigo anteriorMORRE O ADVOGADO E POETA SERTANIENSE PAULO MARIANO
Próximo artigoHOMEM É MORTO NA CIDADE DE BUÍQUE
Esequias Cardoso
Esequias Cardoso é professor concursado da rede oficial de ensino do Estado de Pernambuco, graduado e pós graduado em História, pela Autarquia de Ensino Superior de Arcoverde - AESA e Universidade de Pernambuco - UPE respectivamente. Professor do Programa de escola Integral , atuando na Escola de Referência em Ensino Médio Olavo Bilac - Sertânia. Atualmente está fazendo especialização em gestão e coordenação em educação (pós graduação). PARA ENTRAR EM CONTATO CONOSCO LIGUE (87) 9.9648.1349 ou 9.9139.9084 (whats app)

1 COMENTÁRIO

  1. Eu conheci Paulo, na década de setenta, pessoal amável e muito educada, criado por seu pai, conhecia bem a delegacia com seu irmão que se foi mais cedo. Fica o meu eterno carinho aos filhos que com certeza precisam de apoio e muita compreensão com os desígnios de Deus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça um comentário!
Coloque seu nome aqui