OS POUCOS OUVINTES "FÃS" DO PREFEITO ÂNGELO FERREIRA, BEM QUE ESPERARAM SUAS EXPLICAÇÕES SOBRE A NOTA "C" ALCANÇADA POR SUA ADMINISTRAÇÃO NO TCE. SAÍRAM FRUSTRADOS!!

O Prefeito Ângelo Ferreira cercado pelo seu staff e privilegiados do poder público municipal, uma claque de marionetes e subserviente, mais uma vez demonstrou ser mesmo um grande falastrão e que está realmente incomodado com o blogueiro do Tribuna do Moxotó.

Usando de forma pequena e vil uma emissora de rádio, que é uma concessão pública e portanto, deveria esta a serviço da comunidade e não está, o coronel de província e prefeito de Sertânia Ferreira, não consegue esconder sua ira por termos uma democracia e, portanto temos a livre expressão. Em seu medíocre programa, de baixa audiência, já que nossos posts aqui no site, com mais de 10 mil acessos, bate feio seu programa, que certamente tem pouco mais de 100 ouvintes, já que ninguém aguenta mais ouvi-lo arrotar arrogância e vomitar uma verborragia de dá nojo e que o caracteriza como um verdadeiro falastrão, pois ele leitor, o “todo poderoso” Ângelo Ferreira, até que tentou explicar seu projeto de Lei apelidado de Lei da barbárie, pois vai deixar  aquelas pessoas de baixa escolaridade de fora de concurso público e as deixarão sob a égide de sua política clientelista e mesquinha, já que para trabalhar nas funções que ele extinguiu, o cidadão vai ter que ter sua simpatia e claro, fazer parte de sua clã, se não está fora. Concurso para gari, vigilante, coveiro e outras funções nunca mais e que a prefeitura precisa, como hoje precisa de alguns nessas funções tem que ser por INDICAÇÃO POLÍTICA. Estamos mentindo, senhor prefeito Ângelo Ferreira? Se tivermos mentindo, nos processe, como você gosta de ameaçar alguns para que estes se calem!

É A LEI DA TERCEIRIZAÇÃO DE MICHEL TEMMER QUE ELES FORAM CONTRA É HOJE ESTÃO COLOCANDO EM PRÁTICA. GARIS E OUTRAS FUNÇOES SÓ POR INDICAÇÃO POLÍTICA.

Você pode até nos proibir de usar a rádio de Gonzaga Patriota, rádio que só você pode usar e abusar, não dando direito ao contraditório, mas aqui não, aqui levamos as notícias sobre suas lambanças no poder municipal e isso você disse certo “não pode proibir “, não pode mesmo.

Mas o fato sertaniense é que o prefeito em seu programinha de baixa audiência, falou, falou e falou, mas nada explicou sobre as licitações denunciadas pelo advogado João Neto, licitações estas que chegam a quase 700 mil reais e que beneficiam a empresa do seu concunhado e cunhado de sua esposa, a ex-prefeito Cleide Ferreira, a CECOM, que pertence a Rivaudo Alves.

Por que será que ele preferiu o silêncio??? Mas de uma coisa todos têm certeza, ele vai sim ter que se explicar ao Tribunal de Contas sobre tudo isso, como está fazendo com a suspeita de superfaturamento de combustíveis, noticiado aqui em primeiro mão.

Mas é claro que ele vai ter que se explicar, pois o jovem advogado está denunciando toda essa farra com dinheiro público e que beneficia diretamente membros do seu grupo político.

Veja matéria

http://tribunadomoxoto.com/2018/12/18/advogado-sertaniense-denuncia-licitacoes-feitas-pelo-prefeito-que-favoreceu-empresa-ligada-a-seu-grupo-politico/ 

Aqui prefeito, mostramos a cara, não precisamos de fake de “Seu Ninguém” para mostrar as mazelas e a farra do dinheiro público em seu governo. Você com todo seu poderio e arrogância, pode até tentar usar seu prestígio para prejudicar pessoas, mas isso não nos amedronta, não nos assusta,  pode amedrontar um bocado de funcionários que nada pode falar sobre sua gestão e sobre sua postura a frente dela, não podem porque possivelmente serão perseguidos, como já ocorreu em outras ocasiões alguns funcionários que você perseguiu e que para ver seus direitos restabelecidos tiveram que recorrer ao Ministério Público de Pernambuco e bater às portas da justiça. Acostume-se com a democracia prefeito, acostuma-se com o Tribuna do Moxotó, ele vai continuar aqui, apontando os erros do seu governo medíocre e insossa.

Mas que seria bom que você usasse seu programa para esclarecer a população sobre essas licitações de quase 700 mil reais que seu concunhado ganhou e sobre a suspeita de superfaturamento que o TCE está investigando.  Vamos prefeito, se explique!

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça um comentário!
Coloque seu nome aqui