SUDENE APRESENTA RANKING DE GESTÃO FISCAL EM PERNAMBUCO, SERTÂNIA DE FORA, DE NOVO. NÃO PODERIA SER DIFERENTE ALCANÇOU UMA MEDÍOCRE NOTA DE 1.385, ENQUANTO OUTROS MUNICÍPIOS FICARAM ACIMA 6.000

Sertânia, a exemplo do aconteceu com a divulgação do TCE, que avaliou efetividade da gestão administrativa das prefeituras e a Prefeitura de Sertânia alcançou a pior nota, nota C, agora tivemos outra avaliação, desta feita pela SUDENE, onde essa entidade divulgou um ranking com os municípios que melhor aplicam os recursos financeiros e vergonhosamente, a gestão Ângelo Ferreira ficou bem abaixo nesses novos dados. Para o leitor ter uma ideia, enquanto a cidade de Dormentes alcançou 6.263, o município de Sertânia ficou com a medíocre nota de 1.385. Vergonhoso isso, vergonhoso para um prefeito que já administrou nosso município por duas vezes, sendo esta a terceira vez e que de forma soberba, dava aula de gestão pública quando era oposição.

VERGONHOSO PARA SERTÂNIA NÃO APARECER ENTRE OS MUNICÍPIO MELHOR AVALIADO PELA SUDENE, POIS TEM UM PREFEITO QUE DAVA AULAS DE GESTÃO PÚBLICA NAS ONDAS SONORAS DO RÁDIO E É PREFEITO PELA TERCEIRA VEZ. MESMO ASSIM, SERTÂNIA ALCANÇOU A MEDÍOCRE NOTA DE 1.385, ENQUANTO DORMENTES ALCANÇOU 6.263. 

O objetivo da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), que fez a  divulgação na manhã da última quinta-feira (13) é difundir e promover os bons administradores de Pernambuco e por isso trouxe em sua página e fez uma solenidade entregando aos gestores destaques, aqueles que apareceram em seu ranking como  municípios que melhor aplicam os recursos financeiros.

Entre esses indicadores que estão no ranking, estão os municípios com os melhores recursos em “Gastos em Investimentos”, “Gastos na área social” e “Equilíbrio financeiro”, para os municípios com até 20 mil habitantes, entre 20 mil e 50 mil, entre 50 mil e 150 mil e acima de 150 mil habitantes.

Entre os principais destaques do ranking, estão as cidades de Dormentes, Afogados da Ingazeira, Pesqueira e Jaboatão dos Guararapes, que receberam prêmio por destaque de equilíbrio financeiro. Já os municípios que foram destaque nos investimentos estão Buenos Aires, Feira Nova, Limoeiro e Caruaru. Enquanto na categoria de destaque despesa social per capita, os municípios ranqueados foram Quixaba, Tacaratu, Limoeiro e Jaboatão dos Guararapes.

Segundo a Sudene, o ranking serve como um instrumento social, que permite a população acessar os resultados de onde são aplicados as verbas públicas pelos municípios. A ação tem também o objetivo de estimular a melhoria da capacidade de investir bem das prefeituras, dando prioridade aos gastos na área social, promovendo o equilíbrio financeiro e o bem estar do cidadão.

No caso das prefeituras que não conseguiram uma boa avaliação no ranking, elas serão capacitadas pela Superintendência e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).Ou seja, no linguajar da escola, terão aulas de recuperação.

A iniciativa faz parte do projeto “Avaliação da Qualidade dos Gastos dos Municípios da Área de Atuação da Sudene”, que é fruto de uma parceria com o PNUD.

Veja clicando aqui os resultados em todos os municípios de 20 a 50 mil habitantes. E preste atenção que Sertânia, enquanto município com menor expressividade e sem os recursos que Sertânia tem, tiveram uma nota muito maior e nosso município infelizmente alcançou uma nota medíocre, ou seja do tamanho da mediocridade de sua gestão, evidenciando através de fatos, que estamos diante, sem dúvida nenhuma, pois os números mostram, do pior prefeito da história política do município.

O caos que constantemente estamos mostrando em nossas páginas sendo evnidenciado por entidade de gigante respeitabilidade, TCE e SUDENE.

Triste isso viu leitor, triste isso viu sertaniense!!

Veja abaixo no quadro os município destaques:

Prefeitura Indicador Categoria
Dormentes Equilíbrio financeiro Municípios com até 20 mil habitantes
Buenos Aires Investimentos Municípios com até 20 mil habitantes
Quixaba Despesa Social Per Cabita Municípios com até 20 mil habitantes
Itapetim 3º lugar geral Municípios com até 20 mil habitantes
Cedro 2º lugar geral Municípios com até 20 mil habitantes
Dormentes 1º lugar geral Municípios com até 20 mil habitantes
Afogados da Ingazeira Equilíbrio financeiro Municípios com população entre 20 mil e 50 mil habitantes
Feira Nova Investimentos Municípios com população entre 20 mil e 50 mil habitantes
Tacaratu Despesa Social Per Cabita Municípios com população entre 20 mil e 50 mil habitantes
São José do Belmonte 3º lugar geral Municípios com população entre 20 mil e 50 mil habitantes
Bom Jardim 2º lugar geral Municípios com população entre 20 mil e 50 mil habitantes
Tacaratu 1º lugar geral Municípios com população entre 20 mil e 50 mil habitantes
Pesqueira Equilíbrio financeiro Municípios com população entre 50 mil e 150 mil habitantes
Limoeiro Investimentos Municípios com população entre 50 mil e 150 mil habitantes
Limoeiro Despesa Social Per Cabita Municípios com população entre 50 mil e 150 mil habitantes
Bezerros 3º lugar geral Municípios com população entre 50 mil e 150 mil habitantes
Timbaúba 2º lugar geral Municípios com população entre 50 mil e 150 mil habitantes
Limoeiro 1º lugar geral Municípios com população entre 50 mil e 150 mil habitantes
Jaboatão dos Guararapes  Equilíbrio financeiro Municípios com população acima de 150 mil habitantes
Caruaru Investimentos Municípios com população acima de 150 mil habitantes
Jaboatão dos Guararapes Despesa Social Per Cabita Municípios com população acima de 150 mil habitantes
Recife 3º lugar geral Municípios com população acima de 150 mil habitantes
Caruaru 2º lugar geral Municípios com população acima de 150 mil habitantes
Jaboatão dos Guararapes 1º lugar geral Municípios com população acima de 150 mil habitantes

 

Veja todos os dados aqui

COMPARTILHAR
Artigo anteriorFLIS CHEGA A SÃO PAULO COM LUIZ WILSON PINTANDO O SETE
Próximo artigoSERTANIENSE CONCORRE A MELHOR FOTO PARA FICA NO CENÁRIO DA TV ASA BRANCA. CLIQUE E VOTEM A VONTADE
Esequias Cardoso
Esequias Cardoso é professor concursado da rede oficial de ensino do Estado de Pernambuco, graduado e pós graduado em História, pela Autarquia de Ensino Superior de Arcoverde - AESA e Universidade de Pernambuco - UPE respectivamente. Também é pós graduação em Gestão e Coordenação em Educação pela Universidade de Pernambuco - UPE. Atualmente faz Mestrado em Sociologia pela Universidade Federal de Campina Grande- Campus Sumé-Paraíba PARA ENTRAR EM CONTATO CONOSCO LIGUE (87) 9.9648.1349 ou 9.9139.9084 (whats app)

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça um comentário!
Coloque seu nome aqui