Nesta sexta-feira, dia 7, policiais militares da GT foram informados que na rua Aloísio Cajueiro de Albuquerque, nº 49, Cerâmica, Sertânia –PE., estava ocorrendo uma violência doméstica.

Quando o policiamento chegou ao local, uma mulher que é irmã do acusado, relatou que foi agredida pelo mesmo e que ele também ameaçou a própria companheira.

Diante doas fatos, as partes foram conduzidas a Delegacia de Polícia da cidade de Arcoverde/PE, onde o agressor foi autuado em flagrante delito e encaminhado para Audiência de Custódia.

AMEAÇA POR VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Policiais militares da Patrulha Rural foram chamados por populares para atender uma ocorrência de agressão contra mulher.

Quando o policiamento chegou ao local, rua da Estação,em frente a escola Izaura Xavier, Centro – Sertânia – PE., o imputado já havia se evadido.

Segundo a vítima, relatou que se tratava do seu ex-namorado que não aceita o fim do relacionamento, e por conta dessa situação tentou agredi-la com empurrões.

A mulher disse que conseguiu entrar na escola Isaura Xavier para pedir socorro. Segundo a mulher, a agressor ainda proferiu palavras obscenas contra a mesma, chamando ela de “puta e vagabunda”.

O imputado não foi localizado. Diante dos fatos, a queixosa foi apresentada na Delegacia de Políciade Sertânia para serem tomadas as medidas cabíveis.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorVEICULO ROUBADO É ENCONTRADO EM SERTÂNIA
Próximo artigoMORRE GRAÇA ARAÚJO: ARMANDO EMITE NOTA DE PESAR
Esequias Cardoso
Esequias Cardoso é professor concursado da rede oficial de ensino do Estado de Pernambuco, graduado e pós graduado em História, pela Autarquia de Ensino Superior de Arcoverde - AESA e Universidade de Pernambuco - UPE respectivamente. Professor do Programa de escola Integral , atuando na Escola de Referência em Ensino Médio Olavo Bilac - Sertânia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça um comentário!
Coloque seu nome aqui