Que a administração atual está patinando e fazendo a população sofrer com seus serviços deficitários e medíocres, isso não é novidade para ninguém; que a educação do município anda capengando e sequer tem um secretário titular para pasta, isso também não é novidade; que os professores andam revoltados com o tratamento dado a eles pela atuação gestão, com total falta de diálogo e respeito isso, claro, também não é novidade; mas ver que todos esses descasos estão desembocando nos índices educacionais, aí já é demais.

Em um ano e oito meses, a atual gestão Ângelo Ferreira tem se superando em índices de lambanças, não vamos enumerar aqui para não cansar o nosso querido leitor, que pode encontrar tudo isso nas nossas páginas e em alguns blogs que tem compromisso com a verdade.

Pois é sertaniense, e não é que hoje, dia 3 de setembro, o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) foi divulgado, e atual gestão perdeu feio para a gestão Guga Lins.

OS NÚMEROS NÃO MENTEM: IDEB ATUAL DE SERTÂNIA CAIU FEIO. A ATUAL GESTÃO PERDEU PARA A GESTÃO GUGA LINS, GESTÃO QUE CONSEGUIU A INVEJÁVEL META DE 5.4, META PREVISTA PARA SER ALCANÇADA EM 2021. 

Vamos aos números divulgados nesta segunda-feira: de 4º a 5º séries o ex-prefeito Guga Lins conseguiu atingir a meta que está prevista para o ano de 2021, atingindo o índice de 5.4 em 2015, agora o prefeito, com toda sua propaganda, alardeando que faz um governo melhor do mundo, mas que a população sabe, pois está sentindo na pele, que trata-se de um governo medíocre, mais que baixou a nota e atingiu a média de 4.7. Sertânia ficou atrás de município como Iguaracy, Tuparetama, Calumbi, Carnaíba, Ingazeira, Itapetim, Ibimirim, Flores e tantos.

Já nas séries de 8º a 9º ano, a administração Ângelo Ferreira, perde de novo para a gestão Guga Lins. A atual gestão baixou ainda mais este índice ficando com 3.6 contra 3.8 do governo Guga Lins.

OUTRA DERROTA DO GOVERNO ÂNGELO FERREIRA QUE BAIXOU AINDA MAIS O ÍNDICE DAS SÉRIES DE 8ª A 9º ANO. EM SERTÂNIA A COISA “TÁ PRETA” OU MELHOR “CINZA”!!!

Tudo isso é reflexo de uma administração verdadeiramente danosa, que não prioriza a educação e nem seus profissionais, o maior exemplo é que no dia 12 de setembro o Sindicatos dos Trabalhadores Municipais de Sertânia está com uma audiência marcada com o Ministério Público de Pernambuco para fazer valer seus direitos, ou seja, os direitos desses grandes profissionais que anda com a auto-estima baixa, observando a dança das cadeiras da pasta da educação, que até hoje não se sabe de fato quem é o secretário, se não ele próprio.

Ver-se a perseguição aos professores que são rotulados como professores da oposição, os famosos B.P (bocas pretas), as diversas transferências de lotação de servidores, diminuição de aulas, mas aumento para seus “ungidos” e contratados, fechamentos de escolas. Tudo isso deixa, como já mencionamos acima, a auto-estima em baixa e a incerteza no ar, causando no professor angustias, e todo mundo sabe que trabalhar assim, é horrível.

Que o atual gestor veja nesses números, que além de sua propaganda, mostrando uma cidade, um município, que só existe em sua mídia, que é preciso fazer mais, pisar no chão e cair na real, começando pela valorização dos docentes municipais que merecem todo o respeito!

Estão aí sertanienses, os números, e com eles fica fácil ver quem realmente faz uma administração danosa para nossa futura geração!!

VEJA TODOS OS NÚMEROS DO IDEB ACESSADO

http://ideb.inep.gov.br/resultado/resultado/resultado.seam?cid=271274

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça um comentário!
Coloque seu nome aqui