ESTE É SAMUEL, TEM PARALISIA CEREBRAL TEM SOFRIDO COM A FALTA DE ASSISTÊNCIA POR PARTE DA PREFEITURA DE SERTÂNIA

Impressionante a inercia do atual prefeito quando é para oferecer a assistência as pessoas que precisam, impressionante a falta de sensibilidade e desprovimento de humanidade, não é que mesmo despois da denúncia e apelo feito pela mãe do menino que vive em cima de uma cama com paralisia cerebral, o prefeito Ângelo Ferreira fazendo ouvido de mercador nem sequer “bateu as pestanas” e a prefeitura continua negando ajuda ao garoto.

“É realmente lamentável ver a situação de um menino que vive em cima de uma cama e não tem expectativa de nada e só espera um pouco de assistência do poder público municipal e essa assistência não chega. Vergonhoso isso. O que esperar de um governante que tem todas as possibilidades de ajudar, tendo todo o aparelhamento do Estado para ajudar e não o faz?”, disse um vizinho do menino Samuel, dizendo inclusive que esperava mais do prefeito.

“Votei nele mas lhe digo esperava mais desse prefeito, isso não se faz com um garoto que vive em cima de uma cama”, completou revoltado ao vizinho de Dona Roseane mãe do menino Samuel.

Vale informar ao leitor do Tribuna do Moxotó que o garoto Samuel tem 12 anos e nasceu com paralisia cerebral, não andar, não fala e vive em cima de uma cama dependendo exclusivamente da mãe que dedica toda sua vida para oferecer um pouco de conforto a ele.

Quarta-feira a mãe de Samuel estará indo ao MPPE denunciar novamente este descaso  e falta de assistência da Prefeitura para com seu filho, faz um ano que ela denunciar ao representante do Ministério Público que recomendou a prefeitura que desse assistência ao menino, mas a assistência, passados um ano, foi tímida. Além do mais o atual gestor deixou de enviar carro para que o menino fosse fazer sua fisioterapia no Hospital Mensana, o que agravou ainda mais o estado de saúde do garoto.

“A verdade é que o prefeito de Sertânia está muito ocupado preocupado com o ex-prefeito Guga Lins e está esquecendo do que prometeu e dos que mais precisam como esse menino, mora aqui na Mário Melo e sei o que passa mãe dele e ele, não custava nada o

prefeito ajudar esse garoto”, disse outro vizinho de Dona Roseane mãe de Samuel.

Ver matéria sobre o menino Samuel 

Olha aí sertaniense, esse é o governo que gasta mais de um milhão e 200  com eventos esportivos, mas se nega a oferecer uma assistência mais completa ao menino que vive em cima de uma cama com paralisia cerebral.

Vergonhoso isso sertaniense!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça um comentário!
Coloque seu nome aqui