Curto e grosso. Foi assim o comportamento do deputado do Partido Popular Socialista (PPS), Daniel Coelho, durante entrevista ao programa Farol de Notícias, no último sábado (28), na rádio Vila Bela FM, analisando o comportamento do prefeito de São José do Belmonte, Romonilson Mariano (PHS).
Ao ser questionado as razões de não conquistar o apoio do prefeito para a sua reeleição, mesmo depois de aportar R$ 8 milhões em emendas para o município da Pedra do Reino, o deputado foi detalhista.
Estive na sexta-feira (27) na cidade de Belmonte, onde têm várias obras acontecendo. Lá chegou a passar de R$ 8 milhões as emendas que nós liberamos para aquele município, então tem muita rua sendo calçada, fomos dar uma olhada. ‘Caba safado’ tem em todo canto, inclusive, no Sertão. Sei que não é todo mundo não. A maioria do povo sertanejo é homem de palavra, mas lá parece que ele (Romonilson) esqueceu isso”, desabafou Coelho.
Ainda durante a entrevista, o deputado relatou detalhes dos diálogos que teve com o prefeito belmontense, que agora apoia o jovem João Campos para a Câmara Federal. Entretanto, Daniel evitou criticas a Campos.
Ele (Romonilson) chegou a anunciar na cidade, fez reunião na casa dele. Tinha uma casa bonita, que não tinha muro e quando passava o povo via, mas agora ele botou uma murada na frente. Depois que começou com essa coisa de mudar, eu acho que o governador chamou e a gente sabe a maneira que está sendo construída. Nada contra o João Campos, respeito a pessoa dele, mas a gente sabe como está sendo construída a campanha dele (Paulo Câmara). Usando a máquina para cima de todo mundo, ameaçando e dinheiro jorrando para todo lado. O povo parece que não sabe que existe Lava Jato em Curitiba, não. Mas ela chega”, concluiu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça um comentário!
Coloque seu nome aqui