Diante da ameaça de um racha dentro da frente de oposição no estado, provocada pela resistência em torno da indicação do deputado federal Bruno Araújo (PSDB) para uma das vagas ao Senado na chapa, o senador Armando Monteiro (PTB) afirmou, nesta terça (24), que a presença do tucano no bloco é “fundamental” e fez um aceno à candidatura presidencial de Geraldo Alckmin (PSDB). Contemplado, Bruno considerou “os episódios recentes superados”.

Em sua nota, Armando faz elogios ao PSDB e diz que o grupo “estará sempre aberto para que o candidato Geraldo Alckmin possa trazer aos pernambucanos as suas propostas, neste momento tão importante e desafiador para o nosso País”. O gesto, neste caso, ajudou a acalmar os ânimos dentro do PSDB, após a visita do petebista ao ex-presidente Lula, na prisão da superintendência da Polícia Federal, na semana passada.

Ao se referir a Bruno, o senador destacou que “sem a sempre lúcida e decisiva contribuição do Presidente Bruno Araújo, cujo reconhecimento externei publicamente em vários momentos, não teríamos chegado a este resultado”. “Reafirmo finalmente a minha firme disposição de manter a unidade e a coesão da nossa frente política, através da plena integração de todas as nossas lideranças, condição essencial para o êxito desse projeto que, estou seguro, conduzirá Pernambuco a importantes conquistas no futuro”, completou.

Por sua vez, o tucano disse que, “tendo em vista as declarações do Senador Armando Monteiro Neto-PTB, de garantir em Pernambuco palanque para Geraldo Alckmin-PSDB, consideramos os episódios recentes superados”. “Vamos seguir trabalhando para apresentar as melhores propostas e caminhos aos pernambucanos”, ressaltou, também em nota.

Veja a nota na íntegra do senador Armando Monteiro: 

Desde 2017, expressivas lideranças políticas reunidas no campo das Oposições em Pernambuco iniciaram um providencial diálogo com vistas à formação de uma ampla aliança, capaz de oferecer um projeto de mudança que devolva ao nosso Estado a liderança e o protagonismo perdidos nos últimos anos pela incompetência do governo Paulo Câmara.

É justo registrar, em meu nome e de todos os partidos que compõem este conjunto, o papel fundamental e extremamente construtivo desempenhado pelo PSDB, em todas as fases desse processo que culminou com a definição do nosso nome para liderar a chapa que concorrerá às eleições de outubro próximo.

Sem a sempre lúcida e decisiva contribuição do Presidente Bruno Araújo, cujo reconhecimento externei publicamente em vários momentos, não teríamos chegado a este resultado.

Agora, quando nos encaminhamos para a conclusão do processo de composição de nossa chapa, não serão episódicas e pontuais divergências que nos afastarão dos objetivos maiores que inspiraram este movimento.

O nosso palanque, tendo em vista o apoio majoritário que recebe dos partidos dessa frente, estará sempre aberto para que o candidato Geraldo Alckmin possa trazer aos pernambucanos as suas propostas, neste momento tão importante e desafiador para o nosso País.

Reafirmo finalmente a minha firme disposição de manter a unidade e a coesão da nossa frente política, através da plena integração de todas as nossas lideranças, condição essencial para o êxito desse projeto que, estou seguro, conduzirá Pernambuco a importantes conquistas no futuro.

Armando Monteiro (PTB)
Pré-candidato ao Governo de Pernambuco

Print Friendly, PDF & Email

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça um comentário!
Coloque seu nome aqui