A ATUAL ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL TEM DESRESPEITADO OS PROFESSORES. AGORA QUER "ABOLIR" O RECESSO

Bem ao seu estilo, Ângelo Ferreira faz um governo totalitário, onde tem-se secretários (menos a educação), mas nenhum deles tem autonomia, nenhum deles manda em coisa alguma, quem manda mesmo e o “Rei Sol”(denominação de Luiz XVI, expoente máximo do sistema político conhecido como absolutismo) ou seja, o prefeito Ângelo Ferreira e para ilustrar bem isso, ele, o prefeito de Sertânia, acaba de anunciou, sem ouvir ninguém, que o II semestre começa nesta segunda, dia 16, portanto, não haverá recesso escolar para os professores, contrariando o que diz o PCC, onde o recesso só pode ser interrompido em casos excepcionais.

O Sindicato dos Trabalhadores Municipais -SINTEMUSE, bem como alguns professores, já se manifestaram em um assembleia, onde ali ficou decidido que os professores não aceitarão a perda do recesso e ficou decidido nessa mesma assembleia, que será melhor negociar posteriormente as compensações de aula.

Na Assembleia esteve presente o advogado Henrique Brasiliano, advogado do SINTEMUSE, que orientou todos sobre o assunto.

“O recesso é garantido em lei (PCC) e só pode ser interrompido em casos excepcionais. O documento foi entregue ontem, dia 11, a tarde na secretaria de educação e também foi encaminhado ao Ministério Público e estamos aguardando a resposta”, disse um dos professores presentes na assembleia e decepcionado com o atual prefeito com a forma como ele está gerido o município, “sem ouvir ninguém e achando-se dono do mundo”, observou o docente.

O pior disso tudo é que tem um grupinho de “sem noção” que certamente, colhendo as benesses e os dividendos do poder, ainda aplaude esses atos esdrúxulos e ditatorial do prefeito de Sertânia, esses deveriam dizer ao prefeito que esse tempo de administrar com “mão de ferro” há muito tempo já foi abolido e que é preciso ouvir a todos, mas não dirão nunca e são doidos? Temem perder a “boquinha”.

O fato caro leitor, é que o próprio SINTEMUSE, já viu que com o atual gestor não tem conversa. Com mais esse ato ditatorial do prefeito, os professores ficarão sem recesso, sem cadernetas e pior, sem secretário de educação, e com certeza receberão do próprio prefeito um sonoro NÃO a suas reivindicações e depois disso? Ah, depois disso recorrerão, como já fizeram, ao Ministério Público, para ver seus direitos restabelecidos.

EITA SERTÂNIA!!!

Agora veja a comunicação da Prefeitura envidada ao Tribuna do Moxotó sobre o reenicio do II Semestre nesta segunda:

Volta às aulas acontece já na próxima semana, em Sertânia 

A Rede Pública Municipal de Sertânia retoma as aulas já na próxima semana. Segundo o calendário divulgado pela Secretaria de Educação, na próxima segunda-feira, dia 16, os professores, gestores e funcionários se reunirão em um encontro nos prédios de cada uma de suas Escolas Municipais. Já os profissionais da Zona Rural se concentrarão, nesse mesmo dia, na Escola Municipal Isaura Xavier dos Santos, na sede do município, a partir das 8h da manhã. O expediente será normal, portanto, na terça-feira, dia 17 de julho, quando haverá aula para todos os estudantes do município.

Prefeitura de Sertânia

COMPARTILHAR
Artigo anteriorVOO EXPERIMENTAL DA AZUL ATENDE EXPECTATIVAS
Próximo artigoESTELIONATÁRIOS SÃO PRESOS EM CUSTÓDIA
Esequias Cardoso
Esequias Cardoso é professor concursado da rede oficial de ensino do Estado de Pernambuco, graduado e pós graduado em História, pela Autarquia de Ensino Superior de Arcoverde - AESA e Universidade de Pernambuco - UPE respectivamente. Professor do Programa de escola Integral , atuando na Escola de Referência em Ensino Médio Olavo Bilac - Sertânia. Atualmente está fazendo especialização em gestão e coordenação em educação(Pós graduação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça um comentário!
Coloque seu nome aqui