A Prefeitura de Sertânia mais um vez, diante da denúncia publicada, no Tribuna do Moxotó, sobre a portaria de Nº 1.717, de 12 de junho de 2018 do Ministério da Saúde descredenciando Equipes de Saúde da Família (ESF) de Sertânia por não cumprimento de prazo estabelecido na Política Nacional de Atenção Básica, do município de Sertânia (ver portaria).

E na Portaria do Ministério da Saúde em seu artigo 1º diz o seguinte: “Ficam descredenciadas as Equipes de Saúde da Família (ESF) dos Municípios descritos nos anexos, em razão dos descumprimento do prazo estabelecido na Portaria de Consolidação nº 2/GM/MS, de 28 de setembro de 2017, para cadastramento no Sistema Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde (SCNES)”, e aí lista alguns municípios que foram suspensos essas equipes de Saúde da Família, inclusive, Sertânia, mas segundo a nota emitida pela Prefeitura há outra versão para este fato, ou seja, apenas foram descredenciadas equipes que ainda serão formadas, o que não deixa de caracterizar uma irresponsabilidade, já que o município de Sertânia é um dos maiores do Estado de Pernambuco e quanto mais equipes melhor.

É sim irresponsabilidade, já que a portaria do Ministério deixa clara e diz que o DESCREDENCIAMENTO OCORREU DEVIDO AO NÃO CUMPRIMENTO DE PRAZO PARA CADASTRAMENTO NO SISTEMA CADASTRO NACIONAL DE ESTABELECIMENTO DE SAÚDE (SCNES), sendo descredenciada quatro equipes.  


A PORTARIA MOSTRA QUE SERTÂNIA “PERDEU” QUATRO EQUIPES DE SAÚDE DA FAMÍLIA. SE ISSO TIVESSE OCORRIDO NA ADMINISTRAÇÃO O ENTÃO DEPUTADO ÂNGELO FERREIRA IRIA OCUPAR MAIS DE HORA FALANDO NA RÁDIO SOBRE ISSO, MAS FOI ELE, TUDO ISSO É NORMAL, JÁ QUE A PREFEITURA TEM 10 EQUIPES, QUATRO NÃO VAI FAZER DIFERENÇA. FAZ-NOS RIR!!

Mas como temos o compromisso com democracia, diferente de alguns meios de comunicação ligados ao prefeito, que só publicam o que lhe convêm, mas felizmente não contam com o número de leitores do Tribuna do Moxotó, vamos publicar na íntegra a nota enviada com a versão da prefeitura de Sertânia sobre a matéria veiculada no nosso site(ver matéria). Vamos a ela:

Nota de Esclarecimento da Prefeitura de Sertânia sobre a questão o descredenciamento de Equipes de Saúde da Familia(ESF)

Sobre matéria divulgada nesta terça-feira, dia 03 de julho, o Governo Municipal de Sertânia, por meio da Secretaria de Saúde, esclarece que não está sem equipe de Saúde da Família. O município de Sertânia conta com 10 Unidades de Saúde da Família em pleno funcionamento, reformadas e com profissionais da área, como médicos e dentistas, e equipamentos para atender os sertanienses.

O teto máximo para o município estabelecido pelo Ministério da Saúde é de 14 unidades. A portaria citada refere-se às unidades que seriam implantadas.

Inclusive, a população deve ganhar a implantação dessas unidades novas, futuramente, a exemplo da que está em construção na Nova Sertânia.

O Governo Municipal reafirma o compromisso com a população sertaniense e se coloca à disposição para qualquer outro esclarecimento.

Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Sertânia.

VEJA A PORTARIA DO MINISTÉRIO DA SAÚDE DESCREDENCIADO EQUIPES DE SAÚDE DA FAMÍLIA DE SERTÂNIA CLICANDO  NO ENDEREÇO ABAIXO:

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2018/prt1717_21_06_2018.html

COMPARTILHAR
Artigo anteriorMOTOTAXI É ASSASSINADO EM CUSTÓDIA
Próximo artigoADOLESCENTE SERTANIENSE SEGUE DESAPARECIDA E MÃE FAZ APELO EM TELEJORNAIS DE RECIFE
Esequias Cardoso
Esequias Cardoso é professor concursado da rede oficial de ensino do Estado de Pernambuco, graduado e pós graduado em História, pela Autarquia de Ensino Superior de Arcoverde - AESA e Universidade de Pernambuco - UPE respectivamente. Professor do Programa de escola Integral , atuando na Escola de Referência em Ensino Médio Olavo Bilac - Sertânia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça um comentário!
Coloque seu nome aqui