HUMBERTO TENTA SALVAR O MANDATO "QUEIMANDO" A CANDIDATURA DE MARÍLIA

Com a aproximação do encontro que vai definir se o PT vai lançar candidatura própria ou se aliar ao PSB em Pernambuco, o ambiente no partido fico ainda mais acirrado com a briga por delegados que votarão o destino da legenda nas eleições de outubro. Uma proposta de ajuste na lista da delegação composta por 300 membros titulares e outros 300 suplentes foi o estopim para uma troca de acusações entre petistas.

O lado que do partido que quer a candidatura de Marília, está acusando o outro grupo não aceita a candidatura da vereadora neta de Arraes, de tentar mudar o resultado da votação antes do encontro,que está marcado para o dia 10 de junho.

O grupo prol Marília está acusando que esses ajustes na lita já são feitas quando delegados se desfiliam do partido com o foi o caso do ex-prefeito do Recife João Paulo, que se desfiliou do PT para rumar no PC do B., ou quando acontecem falecimentos, não necessitando alterar este procedimento.

“É anti estatuário. Os suplentes só podem assumir com a carta de desistência do titular. Eles querem virar o resultado do encontro antes dele acontecer”, disse a secretária de Comunicação do PT, Sheila Oliveira, que defende a candidatura de Marília.

Sheila ainda disse que “não faz sentido” fazer uma alteração na lista a uma semana da reunião e que isso foi proposta em um momento em que Marília, segundo ela, tem apoio da maioria dos delegados. Essa proposta vai ser discutida em uma reunião no dia 4 de junho, segunda-feira, e segundo Sheila, não ser aprovada e, caso seja, caberá recurso na Direção Nacional do Partido.

Oscar Barreto, vice presidente do Partido, autor da “brilhante” ideia, tudo para tentar salvar o mandato de Humberto, argumentou que esses ajustes são necessários, pois “muitas coisas aconteceram” desde que eles foram indicados há um ano no Congresso estadual da legenda. “Não estamos falando de mudar delegados. Eles não foram eleitos, foram indicados. É preciso ter ajustes. Muita gente saiu do PT”,disse o vice presidente. “Essas acusações só acirram os ânimos do partido”.

Dentro do PT diversas alas são responsáveis por indicar seus delegados e suplentes. Entre eles, a Construindo Um Novo Brasil(CNB), do senador Humberto Costa, defensor fervoroso da aliança com o PSB, o que pode garantir a ele uma vaga na chapa majoritária para disputar a reeleição ao senado. A outra vaga estaria com o deputado federal Jarbas. A CNB também é composta por Marília.

Fazendo-se de desentendido quando procurado pela imprensa, Humberto disse que não sabe de nada sobre esses ajustes e que tudo isso deve ser tratado com a direção do partido.

“Não tenho poder de decisão sobre isso”,disse ele ao blog de Jamildo, acrescentando que na verdade trata-se de um movimento para queimar sua imagem politicamente.

Estranho essa mudança com o jogo sendo jogado, mas vamos esperar que haja prudência do PT de Pernambuco e que a democracia seja respeitada. Mas parece que os asseclas de Humberto dentro do PT querem porque querem derrubar uma candidatura que representa o novo para o Estado de Pernambuco.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorNESTE DOMINGO ARENA HÉLIO LEITE PROMOVE O DIA DAS CRIANÇAS COM MUITA DIVERSÃO
Próximo artigoJUNGMANN DIZ QUE MENSAGENS SOBRE NOVA PARALISAÇÃO DOS CAMINHONEIROS SÃO FALSAS
Esequias Cardoso
Esequias Cardoso é professor concursado da rede oficial de ensino do Estado de Pernambuco, graduado e pós graduado em História, pela Autarquia de Ensino Superior de Arcoverde - AESA e Universidade de Pernambuco - UPE respectivamente. Também é pós graduação em Gestão e Coordenação em Educação pela Universidade de Pernambuco - UPE. Atualmente faz Mestrado em Sociologia pela Universidade Federal de Campina Grande- Campus Sumé-Paraíba PARA ENTRAR EM CONTATO CONOSCO LIGUE (87) 9.9648.1349 ou 9.9139.9084 (whats app)

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça um comentário!
Coloque seu nome aqui