A paralisação dos caminhoneiros autônomos contra o aumento no preço dos combustíveis entrou no terceiro dia nesta quarta-feira, 23, e os reflexos já são sentidos por diversos setores da economia.

Os Correios decidiram suspender temporariamente as postagens das encomendas com dia e hora marcados (Sedex 10, 12 e Hoje).

“Tendo em vista comprometer a distribuição, também haverá o acréscimo de dias no prazo de entrega dos serviços Sedex e PAC, bem como das correspondências enquanto perdurarem os efeitos desta greve”, diz a empresa em comunicado oficial.

Se continuar no ritmo que vai, possivelmente faltará combustíveis nos postos de gasolina do país.

“Os postos têm capacidade de armazenamento em média de três dias, parece que já tem revendedor com os estoques no final, a partir de hoje provavelmente a situação se agrava”, afirmou o presidente da Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e de Lubrificantes (Fecombustíveis), Paulo Miranda Soares.

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça um comentário!
Coloque seu nome aqui