SECRETÁRIO MUNICIPAL JÚLIO CÉSAR. CAIU OU NÃO CAIIU???
O prefeito Ângelo Ferreira, tem feito uma administração pífia e altamente questionada pela comunidade, a qual está sentindo na pele a má gestão municipal, que desde seu inicio tem cometido erros primários (nem parece que esteve 16 anos no poder municipal) e gritantes. Vários secretários caíram por terem sido nomeados irregularmente. Agora soubemos, através de uma fonte governista, que o secretário de Educação do município Júlio César Albuquerque não está mais a frente da pasta de educação municipal.
“O prefeito resolveu exonera-lo por conta de uma execução judicial da oposição, já com parecer favorável do MPPE, fruto de uma ação dos advogados da oposição Celestino Barros e João Neto, por acúmulo indevido de cargo, o secretário saiu de fininho e até já voltou a trabalhar na Escola Técnica Estadual de Sertânia, onde ali voltou a lecionar, mas o curioso, é que ninguém viu a portaria de exoneração, e olhe que já faz algum tempo que ele caiu”, disse a nossa fonte.
CAIU OU NÃO CAIU O SECRETÁRIO? SE CAIU, CADÊ A PORTARIA EXONERANDO-O E SE NÃO CAIU ELE ESTÁ “DESPACHANDO” NA ESCOLA TÉCNICA ONDE FICA DE 8 ÀS 17:00 HORAS?????
Todos lembram da matéria no Tribuna do Moxotó (LEIA AQUI), onde anunciamos a possível queda do secretário. Mas há outro fator que está deixando o prefeito Ângelo Ferreira sem dormir, trata-se dos indicadores da Educação do município, ou seja, os números do IDEPE, Índice de Desenvolvimento Educacional de Pernambuco, que, segundo rumores, estão apresentando números desesperadores com relação ao município, um dos piores dos últimos anos, “sabe-se que os índices que vêm por aí são para lá de decepcionantes, aliás, vão fazer jus a atual administração, que conta hoje com professores contratados e que deixou muitos professores  efetivos com a diminuição da carga horária, a verdade é que a Secretaria de Educação do prefeito Ângelo Ferreira, se preocupou mais com perseguição, que com a qualidade”, disse um docente ao Tribuna do Moxotó.
“É fato que a atual administração bate cabeça, os números que por a vem são um alarmante aviso de que a coisa tá preta, aliás, cinza mesmo”, disse outro servidor municipal, abrindo aquela sonora gargalhada, em alusão as cores pintadas nos prédios públicos pelo prefeito (cinza e vermelha).
É isso aí caro leitor, há ruídos de que realmente o secretário de educação caiu, mas realmente não se viu portaria exonerando-o e nem tampouco nomeado um outro. É fato que o professor Júlio César já está lecionando na Escola Técnica onde ali cumpre jornada integral, das 8 as 17 horas. Então, quem é o secretário???
HÁ RUMORES QUE HAVERÁ NOVAS “QUEDAS”, DESSA VEZ POR BAIXO DESEMPENHO. QUEM SERÁ A PRÓXIMA VÍTIMA???
Para um prefeito que falava tanto de desmantelo e dava aula de mestrado em gestão pública, parece que na prática a coisa não é tão fácil como se dizia. Com isso sofre o povo e até nossas crianças com uma possível queda vertiginosa dos índices de desenvolvimento da educação .
Não há dúvida, é o caos!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça um comentário!
Coloque seu nome aqui