ESTE ANO A PREFEITURA HOMENAGEIA UM ATLETA LIGADO AO ATLETISMO, IRONICAMENTE NÃO VAI COLOCAR A MODALIDADE NOS JOGOS(PELO MENOS NÃO SE VIU TABELA E NEM DIVULGAÇÃO).

Quando se pensava que os Jogos Escolares municipais deste ano iriam ser um espetáculo de participação escolar e de atletas, observa-se, através da tabela divulgada, que na verdade teremos menos jogos dos últimos anos, com apenas 55 jogos e com modalidades importantes de fora, como atletismo (pelo menos não está divulgado na tabela a existência dessa modalidade), logo este ano que a prefeitura está homenageando o maratonista Luiz Bernardo, conhecido por Maradona. É irônico homenagear um atleta que brilhou nas pistas de atletismo e não contar com a referida modalidade. O curioso é que a prefeitura abriu concorrência para um tal projeto de eventos de férias esportivas no valor de 1.200.000.00, mas precisamente R$ 1.204.555,62 (um milhão e duzentos e quatro mil, quinhentos e cinquenta e cinco reais e sessenta e dois centavos) e pelo valor era para ter mobilizado atletas das escolas, inclusive municipais, ter feito mais divulgação para que todos atletas participassem desses jogos. “Mas é compreensível esse número pífio, a prefeitura não conta com profissionais  de educação física, na maioria das escolas municipais quem ocupa o lugar desse profissional são professores de outras áreas, daí entender todo esse número”, disse um dos organizadores de jogos escolares em Sertânia.

ATÉ AGORA A PREFEITURA NÃO EXPLICOU EM QUE CONSISTE ESSE TAL “PROJETO DE EVENTOS DE FÉRIAS ESPORTIVAS” QUE VAI CUSTAR AOS COFRES DO MUNICÍPIO O VALOR DE MAIS DE UM MILHÃO E 200.

Outras modalidades que existiam na administração passada, como xadrez, tênis de mesa, ficaram de fora, fruto do descaso e de projetos para incentivem a prática dessas modalidades, com isso perdem os jovens.ESTE ANO SÓ SERÃO 55 JOGOS, A MÉDIA DE JOGOS DA ADMINISTRAÇÃO NO GOVERNO GUGA LINS, ERAM DE 76 JOGOS, ALÉM DE CONTAR COM MODALIDADES IMPORTANTES NO ATLETISMO, XADREZ E TÊNIS DE MESA, ESTE ANO FORAM EXTINTAS

Estamos diante de uma administração insensível a prática de esportes e de cultura, os jogos escolares mostram bem a mediocridade da atual gestão. E para provar para o nosso leitor, sobretudo aquele que gosta de pensar, vamos elencar aqui, para que ele reflita,  alguns pontos para que ele observe e veja que a prefeitura de Sertânia, preocupada com licitações milionárias e demarcar territórios com as cores do partido do prefeito, trata com total desdém a prática esportiva em Sertânia. Observe:

  • O número de jogos caiu consideravelmente, a última administração conseguiu fazer com 76 jogos em média, este ano o prefeito Ângelo Ferreira, vai fazer com 55 jogos, isso significa uma queda de 30% no número de jogos e, consequentemente, no número de alunos-atletas;
  • Pela primeira vez, e, por falta de equipes, uma das principais modalidades, Futsal Masculino Infantil, vai ser por pontos corridos;
  • Em comparação com anos anteriores, enxugaram 01 jogo do período da manhã e 01 jogo do período da tarde;
  • Na tabela de 2018, não aparece os jogos individuais (xadrez e tênis de mesa) que foi introduzido nos jogos na gestão passada e atletismo (uma pena, pois, o homenageado desse ano é do atletismo, o Luiz Bernardo da Silva, conhecido como Maradona);
  • Outro fato que chama a atenção é o uso somente do Ginásio Epaminondas para os Jogos, na gestão passada chegou a utilizar 3 quadras simultaneamente (Ginásio, Quadra do Etelvino Lins e Quadra do EREMOB);

“O fracasso dos jogos escolares de Sertânia, demonstrado na redução de 30% de jogos e alunos-atletas, na falta dos desportos individuais como xadrez e tênis de mesa, na falta do atletismo), evidencia a falta de compromisso dos gestores municipais de esporte e de educação, do sucateamento e da falta de secretários de fato. Mostra a falta de incentivo para as escolas, principalmente as do município, onde faltam profissionais de Educação Física, entregando essas disciplinas a qualquer um, com um total desdém”, disse um atleta sertaniense que preferiu não ser identificado.

Para quem criticava tanto e falava tanto da administração passada, o atual gestor municipal, a cada dia que passa, se caracteriza como um dos maiores falastrão da história política de Seertânia

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça um comentário!
Coloque seu nome aqui