COMO PRÉ-CANDIDATA, MARÍLIA TEM ANDADO POR VÁRIAS CIDADES DE PERNAMBUCO E TEM RECEBIDO IMPORTANTES APOIOS. NA FOTO A ÚLTIMA VISITA QUE FEZ A SERTÂNIA

Pesquisa do Instituto Múltipla (Arcoverde) realizada em todo o Estado de Pernambuco com 600 questionários, entre 27 de abril e 1º de maio deste ano, aponta empate técnico entre o governador Paulo Câmara (PSB), a vereadora Marília Arraes (PT), o senador Armando Monteiro (PTB) e o deputado Mendonça Filho (DEM) na disputa pelo governo estadual. O governador tem 15,5% de intenções de voto, a vereadora 15%, o senador 14,5% e o ex-ministro da educação 11%. A margem de erro da pesquisa é de 4 pontos percentuais, para mais ou para menos.

A pesquisa, contratado pelo próprio instituto, está registrada no TRE-PE sob o número 03562/2018, e no Tribunal Superior Eleitoral sob o número 00402/2018. Ela foi estimulada, isto é, com apresentação de um cartão ao eleitor com os nomes de todos os pré-candidatos. O 5º colocado é o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) com 3,8%, seguido pelo deputado Odacy Amorim (PT) com 2,3%, o ex-prefeito de Petrolina, Júlio Lossio (Rede) com 1,5%, o ativista José de Oliveira (PT) com 1,2%, o coronel Luiz Meira (PRP) com 0,8% e Daniela Portela (PSOL) com 0,3%. Brancos e nulos somam 23,3%, indecisos 7,5% e não sabem ou não quiseram responder 3,3%.

CENÁRIO II

O instituto simulou um segundo cenário com apenas Paulo Câmara (PSB), Marília Arraes (PT) e Armando Monteiro (PTB) e novamente houve empate técnico entre os três. Nessa hipótese, o governador teria 24%, a vereadora 21,5% e o senador 17,3%. Brancos e nulos totalizariam 25,7%.

CENÁRIO III

Num cenário em que são mostrados os apoios a cada um dos candidatos, o resultado seria o seguinte: Marília Arraes (PT) apoiada por Lula: 49,8%, Paulo Câmara (PSB) apoiado por Joaquim Barbosa: 10,5%, Armando Monteiro (PTB) sem apoio de nenhum presidenciável: 8,7%, Coronel Meira (PRP) apoiado por Jair Bolsonaro: 4,7%, Júlio Lossio (Rede) apoiado por Marina Silva: 1,2% e Daniele Portela (PSOL) apoiada por Guilherme Boulos: 0,5%. Brancos, nulos e indecisos: 24,6%. Num cenário em que Paulo Câmara (PSB) seria apoiado pelo ex-presidente Lula (PT), o governador iria para 47,7%.

CENÁRIO PARA SENADOR

Na pesquisa para senador, o deputado Jarbas Vasconcelos (MDB) está em 1º lugar com 20% das intenções de voto, seguido pelo senador Armando Monteiro (PTB) com 15,8%, pelo senador Humberto Costa (PT) com 12%, o deputado federal Mendonça Filho (DEM) com 11,3%, o deputado estadual André Ferreira (PSC) com 5,7%, o deputado federal Sílvio Costa (Avante) com 5,2%, o advogado Antonio Campos com 3,7%, o ex-prefeito José Queiroz (PDT) com 3,2%, o ex-prefeito Júlio Lossio (Rede) com 2,3%, Eugênia Lima (PSOL) com 2,0% e Antonio Souza (?) com 1%. Brancos, nulos e indecisos, 41,4%.

PESQUISA COM LULA

Para presidente da República, com Lula no páreo, o petista tem hoje 65,8% de intenções de voto, seguido por Bolsonaro (PSL) com 7%, Marina Silva (Rede) com 4,8%, Joaquim Barbosa (PSB) com 1,8%, Ciro Gomes (PDT) com 1,8% e Geraldo Alckmin (PSDB) com 1,2%.

Sem Lula no páreo, o 1º lugar é de Marina Silva com 16,3%, seguido por Bolsonaro com 9,5%, Ciro Gomes com 6,8%, Joaquim Barbosa com 4,2% e Geraldo Alckmin (PSDB) com 3,7%, Collor de Mello (PRTB) com 2,7%, Rodrigo Maia (DEM) com 1,5% e Manoela D’Ávilla (PCdoB) com 1,2%.

Por fim, 51,5% dos entrevistados responderam que votariam “com certeza” num candidato apoiado por Lula, ao passo que 94,3% não votariam, também “com certeza”, num candidato apoiado por Michel Temer. Já 76% dos entrevistados responderam que o ex-presidente Lula deveria disputar a eleição e 20,5% que ele deveria ser impedido de concorrer.

À pergunta “Qual o partido político de sua preferência, 28,8% responderam que é o PT. Desses, 95,3% desejam que o partido lance candidato próprio ao governo de Pernambuco, sendo que 64,5% defendem que esse candidato deve ser Marília Arraes.

Fonte: Inaldo Sampaio

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça um comentário!
Coloque seu nome aqui